quinta-feira, 25 de novembro de 2010

"NÃO QUEBRE A CARA"


“NÃO QUEBRE A CARA”
Com este lema, o SOERN promoverá uma campanha educativa e preventiva com distribuição de panfletos aos motoristas, na BR-101, sentido Natal/Parnamirim, na próxima 6ª feira, 26.11.2010, das 09 às 12 horas.

Com apoio da Sociedade de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial do RN, Conselho Regional de Odontologia do RN e do Departamento de Odontologia da UFRN (DOD), o evento será baseado na pesquisa desenvolvida pela Disciplina de Odontologia Preventiva e Social, coordenada pela Professora Ângela Ferreira, entre janeiro e abril de 2009.

Esse trabalho mostrou que os Traumas ocorridos no trânsito são a 3ª causa de mortes (em 1º lugar, vêm as cardiopatias e em 2º, o câncer), tirando 30 a 40 anos de vida produtiva, desde o início do século 21, com o desenvolvimento dos meios de transporte, aliado aos demais fatores, tais como estresse do dia a dia, a competitividade, a rapidez de locomoção e a violência.

A citada pesquisa mostrou também que a cabeça é o 1º ponto de impacto; na face, a região bucal teve o registro de 14,5%; o nariz, 14,4%; a região periorbital, 14%; o osso frontal, 13,7%; a mandíbula, 9,9%; o osso zigomático, 3,8%; a maxila, 2,0%; a ATM, 1,7% e não especificadas, 26,1%. Vítimas do sexo masculino foram 72,2% e do feminino, 27,8%, em 1084 casos de politraumatizados atendidos no Hospital Walfredo Gurgel.

Quanto à localização da moradia das vítimas, num total de 61,9% em Natal, ficou assim distribuída: Zona Oeste: 36,1%; Zona Norte: 25,7%; Zona Sul: 20,6%; Zona Leste: 17,7%.

Tipos de prevenção registrados: Barreiras eletrônicas; Uso obrigatório do cinto de segurança; Cadeiras para bebês; Capacete para motoqueiros; Educação no trânsito (Motorista parar antes da faixa de pedestres).

O resultado aferido é que grande soma de recursos financeiros é gasta com tratamento de pacientes vítimas do trânsito, a maioria devido às cirurgias; há superlotação nos hospitais de urgências/emergências; muitas sequelas e mortes, tendo o uso de bebidas alcoólicas como agravante.

ATENÇÃO NO TRÂNSITO NUNCA SERÁ DEMAIS!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.