quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Dentistas realizam ato de protesto contra os planos de saúde

Hoje (25) comemora-se o dia do cirurgião-dentista e para celebrar o dia, o Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Norte – SOERN – realizou um manifesto pela manhã, nos cruzamentos das ruas João Pessoa com Rio Branco, em frente a loja C&A, em Cidade Alta.
O Dia da Odontologia Sem Convênios foi marcado por protesto nas ruas e panfletagem sobre o aviltamento dos valores pagos aos profissionais.
Os principais problemas enfrentados pela categoria com as operadoras de planos de saúde são: lucros excessivos, interferência dos planos no diagnóstico e tratamento e aumento aos usuários sem repasse aos profissionais.
O protesto foi realizado pelo Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Norte – SOERN. O presidente do sindicato, Ivan Tavares comenta que a categoria não tem muito, o que comemorar. “Desde 2009, os dentistas enfrentam uma briga com as operadoras de planos de saúde odontológicos. A crise na saúde é uma coisa séria. Trabalhamos muito e não temos nenhum benefício com as operadoras. Os planos cobram valores altos da população e o repasse aos dentistas não é justo. Colegas dentistas fechem os seus consultórios hoje, e venham às ruas lutar por seus direitos”, destaca Dr. Ivan e enfatiza que, a categoria quer um reajuste dos honorários odontológicos, tendo como referência a Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Odontológicos – CBHPO.
O descontentamento da categoria é geral. Os dentistas reclamam dos lucros extraordinários das operadoras, devido a super exploração dos profissionais. Sem falar, na baixa remuneração dos procedimentos odontológicos, com tabelas defasadas em até 90% do valor de mercado.
Dr. Eimar Lopes, ex-presidente do Conselho Regional de Odontologia – CRO- e Membro do Conselho Federal de Odontologia, Eimar Lopes falou sobre a realidade da odontologia. “A odontologia está inserida em um contexto geral da saúde. Médicos e dentistas vêm sofrendo com a espoliação das operadoras de planos de saúde. As operadoras estão restringindo cada vez mais, os procedimentos e quem se prejudica com tudo isso é a população. As principais operadoras diminuíram os honorários dos dentistas. Essa mobilização é hoje é para chamar atenção da população para esse descaso dos planos com a classe odontológica”, reforça Dr. Eimar.
Em 2010, os planos de saúde arrecadaram cerca de 1 bilhão e 700 milhões de Reais e gastaram ma assistência, apenas 48% desse valor. Atualmente no Brasil já são aproximadamente 15 milhões de usuários de planos odontológicos. A média de valor do plano odontológico, para cada usuário, é de R$11,20 para dar cobertura a 200 procedimentos.
O vice-presidente do CRO, Gláucio de Morais Silva afirmou estar muito preocupado com esta situação. “A remuneração aos dentistas por parte dos planos de saúde é muito baixa. Para vocês terem uma idéia, eles querem pagar 2,50 apenas por um raio-X periapical. Acredito que está faltando consciência política por parte dos cirurgiões-dentistas que não vêm para as ruas buscar os seus direitos”, confirma Dr. Gláucio.
Dr. Ivan Tavares, na oportunidade fez um alerta á população para a prevenção do câncer de boca. “O câncer de boca é o terceiro mais comum e a população deve procurar um dentista, deve cuidar de sua saúde bucal, para que possa evitar a doença. O dentista tem um grande papel no diagnóstico e tratamento do câncer de boca”, disse.

 Saiba Mais:

No dia 3 de outubro é comemorado o Dia Mundial do Dentista e hoje (25) comemora-se em todo o Brasil, o Dia Nacional do Dentista. A data foi dedicada aos dentistas em 25 de outubro de 1884, por determinação do Decreto no 
































quarta-feira, 24 de outubro de 2012

SOERN e CRO comandam protesto amanhã

Amanhã, 25 de outubro, o Dia do Dentista, odontologistas de todo Brasil realizam paralisação para protestar contra os preços pagos atualmente pelos planos de saúde. A classe vai se reunir no cruzamento das ruas João Pessoa e Rio Branco, das 8h às 12h para manifesto. O movimento é organizado pelo Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Norte - SOERN e Conselho Regional de Odontologia do RN- CRO.

Formação Sindical para cidadãos é tema de curso promovido pelo SOERN


Ontem, o Sindicado dos Odontologistas do Rio Grande do Norte – SOERN promoveu Curso de Formação Sindical no auditório do CDL Natal. O evento foi gratuito e contou com a participação do consultor sindical da Confederação Nacional dos Trabalhadores Universitários Regulamentados – CNTU, João Guilherme Vargas, de São Paulo-SP, que abordou o seguinte tema: “Sindicalismo – Histórico e Contemporaneidade” e “Perspectivas e Sustentabilidade do Movimento Sindical”.
A diretora do SOERN, Teresa Neumann falou um pouco, durante a abertura do evento, sobre a importância de se discutir sindicalismo. “Nós do SOERN, com o patrocínio da CNTU, conseguimos realizar esse curso tão importante. Trouxemos o professor João Guilherme, uma expressão renomada do movimento sindical. O evento é aberto ao público, uma vez que a luta sindical é feita através da união das entidades e é dessa forma, que conseguimos ser mais fortes em nossas reivindicações”, ressalta Teresa.
Já o presidente do SOERN, Ivan Tavares falou sobre a vasta experiência do professor convidado.         “O professor palestrante é uma sumidade no assunto, desde 1980. Ele vai falar sobre o movimento sindicalista, um movimento, que eu acredito que seja o maior da América Latina”, confessa Ivan que, aproveitou a oportunidade, e agradeceu a presença de todos.
Diversos sindicatos estiveram presentes, dentre eles: SINTAR, SINMED, SINPOL, SINDFORTE, SINSENAT, SINPERN e SINDASP. Registro especial também ao CRO que esteve muito bem representado por seu presidente, Jaldir Cortez.
O professor falou sobre o papel do movimento sindical e ainda, sobre o movimento nos dias de hoje. “O movimento sindical no Brasil é o mais forte movimento social e, enquanto, movimento sindical, ele é o maior do mundo. Temos ganhado lutas importantes com o trabalho dos sindicatos, como: aumento do salário mínimo e ganhos reais de salários”, ressalta e complementa dizendo que a iniciativa do SOERN foi ótima porque demonstra a vontade do sindicato de capacitar a categoria, através de trabalhos como este”, finaliza.
O diretor de organização do SINDSAÚDE, Wilson Farias também parabenizou o SOERN pela iniciativa. “O trabalho do SOERN é muito importante. Os cursos e seminários formam os dirigentes sindicais e os trabalhadores. Que venham mais ações desse tipo para que posa potencializar a ação sindical no seu dia-a-dia”, reforça.
Já Tertuliano Santiago, presidente do SINDFORTE, falou que o sindicato comunga das mesmas opiniões do palestrante. “Nas questões partidárias e políticas sindicais, eu concordo plenamente com o que ele falou. Temos que olhar para as duas asas e andarmos sempre, no meio delas. Sem dúvida, uma iniciativa excelente do SOERN”, conclui.
A presidente do SINFARN, Elaine Cristina Câmara Pereira também deu sua opinião sobre o curso. "Entrei no movimento sindical pelas condições trabalhistas que eram apresentadas para a minha categoria. Acredito que discussões desse tipo só acrescentam na formação de todos os cidadãos", disse. 
O curso foi rico e com espaço para perguntas e, até mesmo, debate entre os participantes. Todos interagiram com perguntas e comentários sobre o movimento sindical.





















sexta-feira, 19 de outubro de 2012

A odontologia vai parar


No dia em que é comemorado o Dia do Dentista, 25 de outubro, odontologistas de todo Brasil realizam paralisação para protestar contra os preços pagos atualmente pelos planos de saúde. A classe se reúne no cruzamento das ruas João Pessoa e Rio Branco, das 8h às 12 para manifesto. O movimento é organizado pelo Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Norte - SOERN e Conselho Regional de Odontologia do RN.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

CURSO: FORMAÇÃO SINDICAL PARA CIDADÃOS



QUANDO? - Dia 23.10.12- 3ª feira - Das 08 às 17 horas

ONDE? - Auditório do CDL - Clube de Diretores Lojistas
Rua Ceará-Mirim, 322 - Quase esquina da Av. Prudente de Morais

QUEM PROMOVERÁ? - SOERN - Sindicato dos Odontologistas do RN

QUEM MINISTRÁ? - JOÃO GUILHERME, Consultor Sindical da Confederação Nacional dos Trabalhadores Universitários Regulamentados – CNTU.  

QUAIS OS TEMAS QUE ABORDARÁ? 
- Sindicalismo: Histórico e Contemporaneidade e
- Perspectivas e Sustentabilidade do Movimento Sindical.

QUAL É O PÚBLICO ALVO? - O evento será aberto ao público em geral.

COMO E ONDE SERÃO AS INSCRIÇÕES? - As inscrições são gratuitas e devem ser efetuadas no SOERN

MAIS INFORMAÇÕES:  Tel.: 3206-3498  ou  soern_odonto@yahoo.com.br

 

Odontologia Hospitalar é debatida em evento nacional

Os dentistas José Campos e Alzira Guará chegaram recentemente da capital carioca, onde foram representar a diretoria do Sindicado dos Odontologistas do Rio Grande do Norte – SOERN no II Encontro Nacional das Comissões de Medicina Oral e Odontologia Hospitalar. O evento, que ocorreu na sede do Conselho Regional de Odontologia do Rio de Janeiro – CRO-RJ, contou com a presença de profissionais de 17 estados e teve como objetivo construir parâmetros de uniformidade para o segmento. Através de votação, foi possível estabelecer um consenso entre todos os presentes a respeito do tema. O próximo encontro deverá ocorrer em Natal, no primeiro semestre de 2013.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

ODONTOLOGIA HOSPITALAR:






Em seu Código de Ética, editado pelo Conselho Federal de Odontologia, a profissão permite ao Cirurgião Dentista internar e assistir pacientes em ambiente hospitalar, porém é feita ressalva, no artigo 19, sobre a necessidade de obediência às normas do CFO para a atuação neste segmento.
Visando auxiliar os conselhos profissionais foram criadas as Comissões de Odontologia Hospitalar a partir de 2010, e, no II Encontro das Comissões realizado no RJ em 05 de outubro último, com a presença de 17 estados, elas foram normatizadas. Além dos representantes designados pelos Conselhos Regionais, também estiveram presentes oficialmente a SOBEP, a ABOPE e o CFO, representado pelo Dr. Outair Bastazzini. Além destes outros CDs interessados do RJ e de outros estados vieram prestigiar o encontro.
O nome das Comissões, que a partir de agora será “Odontologia Hospitalar”, sua estrutura administrativa, incluindo seus objetivos e funções são agora definidos e nacionalizados.
Em sua missão de auxiliar os conselhos, principal entidade da profissão e única responsável pelo exercício profissional e certificações, o II Encontro propôs o reconhecimento dos CDs já atuantes na área da Odontologia Hospitalar através de habilitação a ser conferida pelo CFO, segundo regras a serem definidas. Outra proposta foi que após esta habilitação somente sejam reconhecidos aptos ao exercício profissional neste segmento os CDs que cursarem um programa de residência.
Finalmente foi proposta a existência de uma representação oficial das Comissões junto ao CFO para assessorá-lo neste campo de atuação. Esta representação será composta por cinco representantes titulares e cinco suplentes das cinco regiões do país.
O caráter democrático, a cordialidade, a defesa incondicional dos interesses da profissão e a integração de conselhos regionais, além da participação do CFO e entidades da classe foram a marca deste encontro, que tem novo local e data para sua continuação e aprimoramento, em Natal (RN), no 1º semestre do próximo ano de 2013.

FONTE: http://www.medicinaoral.org

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Participação de Fernando Mineiro e Carlos Eduardo Alves


Fernando Mineiro do PT disse que, as cidades pagam o preço de suas gestões. Disse que pretende reestruturar a atenção básica, caso seja o escolhido, nas urnas. “Vou recuperar as equipes, que trabalham na rede. Queremos dar uma atenção também, para a saúde bucal. O ex-presidente Lula criou o programa: “Brasil Sorridente” e pretendemos fazer algo parecido. Quero reorganizar a casa e colocar Natal em um processo de planejamento”. Mineiro falou ainda sobre os gastos com a saúde só esse ano. “Apenas nesse ano, as pessoas que administram Natal, já gastaram R$240 milhões de Reais e, boa parte desses recursos, apenas com terceirização. Se for eleito irei acabar com as terceirizações”, completou e disse que é lamentável ver a situação dos postos de saúde com paredes mofadas e equipamentos de consultórios quebrados.

Ivan Tavares do SOERN lembrou que, os dentistas que abrem consultório pagam nove impostos regulares e perguntou, a todos os candidatos, o que fazer para mudar essa situação e disse ainda que, o ISS de Natal é 3x maior que o de São Paulo. Mineiro respondeu: “A saúde pode ser bem melhor na cidade e, quanto à saúde bucal, não é diferente. Podemos sentar, conversar e ver o melhor. Acredito que, quem recebe mais, deve pagar mais e quem recebe menos,deve pagar menos”, disse.



Carlos Eduardo Alves do PMDB parabenizou o SOERN, por organizar um evento como tal. “São eventos assim, que aperfeiçoam a democracia. Parabéns Ivan e a todos do sindicato”, relatou.

Ele se apresentou com um breve currículo e comentou algumas ações de quando foi prefeito da cidade, como a realização da Central do Cidadão, em parceria com o Governo do Estado do RN. Falou que: “a rede básica está completamente falida. Existe um déficit orçamentário de R$21 milhões de Reais. Saúde é um serviço social imprescindível. Vamos reabrir e reaparelhar os postos de saúde e iremos colocar, caso ganhemos, a eleição, dentistas, nos postos”, enfatizou e relatou que, pretende também, expandir as AMES e reabilitar os CAPS. Falou também que: “como prefeito montei uma equipe técnica e jamais permiti indicações políticas para cargos técnicos. Tínhamos uma mesa de negociação, onde discutíamos com os secretários, sindicatos e associações, o plano de cargos, carreiras e salários. Quando era prefeito havia transparência na receita e na despesa”, concluiu.

Carlos Eduardo disse ainda que, em sua administração, em seis anos, realizou três concursos. Perguntando sobre a questão do ISS pago pela categoria, Carlos Eduardo disse ter consciência que a carga tributária do Brasil é muito alta, mas caso ganhe irá conversar sobre o assunto. “Podemos sentar com o sindicato de odontologia e com a secretaria de tributação para falarmos sobre isso. Olhe que tá gravado e vai haver sim, essa nossa conversa”, enfatizou e prometeu que irá conversar com a categoria sobre o não recebimento do adicional noturno.