quarta-feira, 26 de novembro de 2014

"V FEIJODONTO" será realizada no dia 5 de dezembro


"V FEIJODONTO" será realizada no dia 5 de dezembro

O SOERN organiza no próximo dia 5 de dezembro, sua tradicional feijoada, a V FEIJODONTO, às 12h00 no Clube dos Rádio Amadores.

O evento marca o encerramento das atividades do Sindicato e é uma oportunidade dos  odontólogos confraternizarem-se ao som de uma boa música ao vivo e degustando uma saborosa feijoada.

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gifOs interessados em participar devem ligar para o SOERN (3206-3498) e reservar sua presença. As senhas serão limitadas.

Curso de Formação Sindical é promovido pelo SOERN


 
O SOERN promove  nos dias 4 e 5 de dezembro (5ª e 6ª feira), um Curso de Formação Sindical/Cooperativismo na sede do Conselho Regional de Odontologia –CRO/RN, de  8h às 12h e das 14 às 18h.

Entre os temas abordados no Curso estarão Histórico Geral do Sindicalismo/Cooperativismo, ministrado por Santa Rosa; Análise Conjuntural da Política Nacional e Internacional, por Francisco  Wellington; Negociação no Âmbito da Mesa Nacional, com Francisco Júnior e Sindicalismo e Processo Jurídicos.

O Curso é um instrumento de estudo, reflexão, no processo de formação política na sociedade e uma necessidade de formar novos militantes e dirigentes que reflitam de forma crítica sobre o atual contexto político, social e econômico.
 

Mesa de Negociação Permanente Realizou Encontro Nacional com presença do SOERN


 
Durante os dias 19, 20 e 21 de novembro de 2014 foi realizado no Carlton Hotel, em Brasília/DF, o II Encontro Nacional das Mesas de Negociação Permanente do SUS. O evento teve a participação de 220 representantes, entre eles o presidente do SOERN, Ivan Tavares.
 
A Mesa de Negociação é uma iniciativa do Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), do Departamento de Gestão e Regulação do Trabalho (DEGERTS) e da Mesa Nacional de Negociação Permanente do SUS (MNNP-SUS), com o objetivo de contribuir para a consolidação das diretrizes da Política Nacional de Negociação Permanente do SUS e do seu Sistema Nacional de Negociação Permanente – SINNP-SUS.
 
 
 
 
 

 
O encontro é um momento para celebrar a importância histórica desse projeto político coletivo no qual a democratização das relações de trabalho na saúde aparece como um valor fundamental. Um espaço reservado para fazermos um balanço de mais de 10 anos de atuação ininterrupta da Mesa Nacional e avançarmos na consolidação da Rede Nacional de Negociadores do SUS, em um cenário onde a solidariedade de mecanismos e estruturas sociais, em sua essência, predomina como atributo imprescindível, configurando-se como uma das diretrizes que orienta o processo de negociação envolvendo os governos federal, estaduais e municipais, os prestadores de serviços e as entidades sindicais representativas dos trabalhadores da Saúde, sujeitos do processo de construção e fortalecimento do SUS.
 



 
Nos últimos 11 anos, a MNNP-SUS tem contribuído para ampliar e fortalecer o Sistema Nacional de Negociação Permanente do SUS, tendo como eixos políticos a desprecarização e a democratização do trabalho no SUS, por meio de um conjunto de iniciativas desenvolvidas em nível nacional que perpassam pelo apoio técnico ao fortalecimento e instalação de mesas de negociação, qualificação de gestores e trabalhadores nas áreas de gestão do trabalho e negociação coletiva no SUS, identificação e valorização de iniciativas inovadoras em gestão do trabalho na saúde, apoio técnico e financeiro no desenvolvimento de projetos de carreiras na saúde, investimento em um sistema de informação sobre gestão do trabalho e educação em saúde, entre outras ações estratégicas.





Com 59 mesas instaladas e 9 em processo de instalação, além de dezenas de outros espaços de negociação, a MNNP-SUS chegou a 68ª reunião ordinária desde a sua criação. Além das atividades centralizadas em Brasília, a Mesa Nacional tem realizado o apoio às mesas de negociação em municípios e estados das cinco regiões do país. Para subsidiar e realizar bem todas essas ações a MNNP-SUS conta com importantes parcerias na realização de pesquisas e processos formativos. Dentre elas podemos citar a Pesquisa sobre os Resultados do PROGESUS – Componente Negociação Coletiva (UERJ); o diagnóstico do funcionamento das Mesas nas Regiões Nordeste e Sul e construção do módulo da Rede de Negociadores na Plataforma RH (UFRN/IFRN); realização de estudo sobre o perfil dos ACS no Brasil (UFBA); as parcerias para realização do Curso de Atualização em Gestão das Condições de Trabalho e Saúde do Trabalhador da Saúde - CEGEST (UFMG); ampliação do apoio institucional às Mesas de Negociação (UFRGS); realização dos Cursos de negociadores, Oficinas de planejamento das mesas, Seminários sobre democratização das relações de trabalho e Estruturação da rede de negociadores, assim como a edição do Boletim Informativo da MNNP-SUS e do Blog da MNNP-SUS (DIEESE).

Preservando a dinâmica, papéis e autonomia de cada uma das Mesas, mas, ao mesmo tempo, considerando a convergência de objetivos na área de gestão do trabalho, de compromissos institucionais e ético-políticos de consolidação do SUS, a realização conjunta do II Encontro soma-se às iniciativas para o contínuo avanço na democratização das relações de trabalho como premissa de modelos de gestão que qualifiquem os serviços e respondam de forma mais satisfatória às necessidades de trabalhadores e usuários do sistema.

O II Encontro foi um espaço de reflexão, de troca de informações, de formulação de diretrizes e, sobretudo, de pactuação de compromissos em torno dessas premissas. Para isso, a programação foi estruturada a partir dos seguintes objetivos específicos: apresentação do balanço da atuação da MNNP-SUS e da Mesa Setorial do MS e perspectivas para o próximo período; apresentação das pautas, prioridades, avanços e dificuldades das Mesas Estaduais, Municipais, Regionais e Locais/MS de Negociação que compõem o SINNP-SUS e SINP Federal; definir diretrizes nacionais de negociação, alinhamento e articulação das pautas; e pactuar compromissos para avançar na estruturação da Rede de Negociadores do SUS.

A metodologia prevê momentos de aprofundamento temático por meio de oficinas e painéis sobre temas relacionados com a gestão do trabalho, relações de trabalho no SUS e no setor público; a apresentação de experiências de negociação coletiva e a sistematização dos debates, sintetizando-os em um documento com as principais diretrizes e proposições construídas ao longo do II Encontro.

Principais desafios:

Neste II Encontro Nacional, a MNNP-SUS chega com importantes desafios para a próxima gestão, tais como: revisitar e aperfeiçoar o seu funcionamento e os seus protocolos; articular melhor as pautas da Mesa com as atividades desenvolvidas pela SGTES; ampliar e aperfeiçoar a comunicação interna e externa. Quanto às estratégias de apoio às Mesas: ampliar a qualificação técnica dos seus membros; dar continuidade na realização de seminários, oficinas de planejamento e visitas técnicas; e realizar o monitoramento e avaliação das atividades de apoio técnico. Outro importante desafio é elaborar o Plano de Trabalho Nacional da Agenda Nacional do Trabalho Decente (ANTD-SUS); capilarizar essa Agenda pelos entes federados, Mesas de Negociação, Entidades Sindicais; e estruturar a metodologia de monitoramento e avaliação da ANTD-SUS. Por fim, a MNNP-SUS se coloca o desafio de consolidar o SiNNP-SUS e para isso implementar a Estratégia de Monitoramento e Avaliação das Mesas de Negociação; integrar o SiNNP-SUS, a rede de negociadores, o Sistema de Monitoramento e a Plataforma RH.

Assembleia Geral Ordinária acontece nesta sexta-feira,28 de novembro



EDITAL DE CONVOCAÇÃO


 

De conformidade com os Artigos 8° e 11° do Estatuto em vigor, ficam convocados todos os Cirurgiões Dentistas filiados e no gozo dos seus direitos, a participarem da ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA do SOERN, a realizar-se no dia 28.11.2014, às 19:00  horas, em primeira chamada e às 19:30 horas, em segunda chamada, na sede do SOERN, Avenida Prudente de Morais – 3857, Shopping Natal Sul, Loja nº 57 – Lagoa Nova - Natal-RN, para que sejam discutidos e deliberados os seguintes assuntos em pauta:

 

- Parecer do Conselho Fiscal referente ao Balanço Financeiro do exercício 2013;

- Parecer do Conselho Fiscal referente à Proposta Orçamentária para o exercício 2015;

- Valores das Contribuições (Sindical, Associativa e Assistencial) para o exercício de 2015;

- Outros assuntos de interesse da categoria.

 

 

Natal/RN, 25 de novembro de 2014.

 

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Homenagem a Uoston Holder

Dos Professores que tive, Dr. Uoston Holder foi o primeiro a orientar os seus alunos a terem uma postura profissional condizente com a profissão que estavam por abraçar. Sua concepção profissional nos encantava de tal forma, a servir de exemplo de postura frente à casuística comum tanto quanto nas adversidades. Tornou-se uma bandeira da Odontologia Moderna que se impunha como Ciência, deixando para trás a sua velha e malfadada tradição empírica. Além do seu legado, deixou-nos substitutos da própria gênese a seguirem seus passos.
Ao Mestre,com carinho:
Seu exemplo e seus ensinamentos estão, como Professor, sendo repassados às gerações que nos substituirão.
Até um dia!

IVAN TAVARES DE FARIAS JÚNIOR – Presidente do SOERN







Mesa de Negociação


     No último dia 11 de novembro, a direção do SOERN  representada pelo presidente Ivan Tavares, o vice-presidente Edson Cirilo e o diretor financeiro Flávio Calife participaram de mais uma reunião da Mesa de Negociação do SUS na Secretaria Municipal de Saúde. Alguns assuntos foram discutidos, tais como:

    1- Divulgamos anteriormente  que a cúpula diretiva da Secretaria Municipal de Saúde tinha relatado que o acordo assinado pelos servidores perderia a validade após a decisão judicial de favorecê-los e  que haveria  um banco de  horas beneficiando os que já tinham pago as horas extras. A posição atual é que a Procuradoria Geral do Munícipio entrou com um recurso e o Desembargador  Claudio Santos foi desfavorável à decisão da juíza  de 1º instância.Com este novo posicionamento do Judiciário solicitamos aos colegas que cumpram o acordo, trabalhando em ações estritamente no campo da odontologia e que a partir da decisão final da justiça, se favorável, essas horas serão repostas ao servidor.

   2- Realização  do Concurso Público, programado para 2015 com dimensionamento de 65 vagas para a odontologia.

   3- Os projetos que majoram as Gratificações do PSF e do CEO foram enviadas ao gabinete do Prefeito.

   4- Todos os Sindicatos presentes acordaram como proposta, que a progressão dos servidores baseada na avaliação do desempenho  dos funcionários do município referentes a 2012 ocorrerá de forma automática.

   5-O aumento da Gratificação de plantão será pago na folha de Novembro.

Reunião CNTU em São Paulo


Na última semana o diretor do SOERN, Flávio Calife, e o presidente da FIO José Ferreira Campos, participaram da 25ª Reunião de Diretoria da CNTU na cidade de São Paulo. A Assembleia do Conselho de Representantes escolheu, a nova a diretoria da Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados (CNTU) para o período 2015-2018. Foi reconduzido ao cargo para mais um mandato, o engenheiro Murilo Pinheiro, atual presidente. Única concorrente, a Chapa 1 foi eleita por unanimidade e seus integrantes assumem a direção da entidade em 1º de janeiro próximo.  O Dr. José Ferreira Campos assume a Diretoria administrativa desta entidade.


Avaliação De Desempenho


 
Desde o dia 15 de novembro até o dia 31/12, acontece o processo de Auto Avaliação, referente à Avaliação de Desempenho, da Secretaria Estadual de Saúde Pública (SESAP). Fique atento servidor e não perca o prazo. Qualquer dúvida, entrar em contato pelos telefones 3232-8966 e 3232-2547, de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 18h, ou ainda através do e-mail cad-sesap@rn.gov.br.

 

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

CARTA DO III COBRAPO


CARTA DO III COBRAPO - Natal/8 de Novembro de 2014

III Congresso Brasileiro de Atenção Primária em Odontologia 

“Valorização da Odontologia na Atenção Primária”

Neste momento oportuno em que o país passa pelo realinhamento e redefinição das propostas para a nova Gestão da Presidente DILMA ROUSSEFF /2015 - 2018 e a constatação de que o país, apesar dos avanços em seus indicadores de saúde bucal, no contexto da America do Sul e de anos anteriores, ainda não alcançou nenhuma das metas de saúde bucal preconizadas pela Organização Mundial de Saúde - OMS, para o ano de 2010 (em todos os ciclos de vida), a categoria odontológica clama pelo fortalecimento e continuidade das ações propostas, contidas há 10 anos, na Política Nacional de Saúde Bucal, o "Brasil Sorridente". 

A nossa reivindicação se faz sob a perspectiva da ampliação dos recursos financeiros destinados para a Rede de Atenção em Saúde Bucal, nas três esferas de governo: municipal, estadual e da união, construindo coletivamente o MOVIMENTO BRASIL SORRIDENTE JÁ, para crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos! - a partir do redirecionamento responsável das ações, com base no planejamento democrático, garantindo o amplo debate, com ênfase nas seguintes ações imediatas:

1. Ampliação e aumento dos recursos de incentivo e custeio para implantação das Equipes de Saúde Bucal da Família, Centros de Especialidades Odontológicas - CEOs e Laboratórios de Prótese Odontológica - LPDs. 

2. Incentivar que 100% das Equipes de Saúde da Família incluam as equipes de Saúde Bucal, criando o repasse de incentivo financeiro adicional, pelo Ministério da Saúde e Secretárias Estaduais de Saúde aos municípios com paridade entre Equipes de Saúde da Família e Equipes de Saúde Bucal.

3. Abertura de mais Postos de Trabalho para Cirurgiões-dentistas e profissões auxiliares da odontologia na Rede do Sistema Único de Saúde - SUS, nas atenções primária, média e alta complexidades em todos os municípios.

4. Ampliação e Fortalecimentos dos Cursos de habilitação/formação das profissões auxiliares, com ênfase no Técnico e Auxiliar de Saúde Bucal - TSB e ASB. Garantir a qualificação da gestão da atenção em saúde bucal;

5. Criação de Política Nacional de interiorização dos Cirurgiões-dentistas e profissões auxiliares da odontologia na Rede do Sistema Único de Saúde - SUS, contemplando condições de trabalho e incentivos financeiros para sua fixação nos vazios assistenciais da atenção odontológica.

6. DESPRECARIZAÇÃO JÁ! dos vínculos empregatícios dos profissionais de saúde do SUS, por intermédio da criação da Carreira Nacional do SUS, garantindo a implementação de Plano de Cargos, Carreiras e Salários - PCCS, Regime Jurídico Único, resultando em remuneração justa e digna para a equipe de saúde bucal. Viabilizar incentivos financeiros aos municípios que promoverem a implantação do PCCS e a contratação das Equipes de Saúde por intermédio do Regime Jurídico Único.

7. Garantir como função privativa de cirurgiões-dentistas a Coordenação da Saúde Bucal e dos CEOs, nas três esferas governamentais.

8. Fortalecimento e qualificação de ações parceiras e conjuntas entre as entidades odontológicas: SINDICATOS; CFO; FIO; ABO, APCD, FNO, dentre outras, para implementação do Programa Brasil Sorridente.

Natal/RN, 08 de Novembro de 2014.

Carta aprovada na Plenária do lll COBRAP

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Levantamento Epidemiológico SB 2010 é tema de discussão no III COBRAPO


Durante o III Congresso Brasileiro de Atenção Primária em Odontologia – COBRAPO,  o SOERN, além de ser uma das instituições que apoiaram a realização do evento, teve sua participação enaltecida  pelo presidente Ivan Tavares que coordenou, uma das mais importantes mesas, sobre  o tema “Levantamento Epidemiológico SB 2010”.








 O ministrador  do assunto foi o renomado professor  da UFRN, Ângelo Giuseppe Roncalli, que prendeu a  atenção dos congressistas ao apresentar dados de uma pesquisa que revelou a atual situação da saúde bucal no Brasil e sua evolução desde 1986 a 2010. "Em 1986 nós tínhamos um índice de cáries de 96%, em crianças; com as políticas sociais a saúde bucal teve um avanço, e em 2010, nós chegamos  a um índice de 25% de cárie em crianças, o que representa uma redução de cáries e um montante de 1,6 milhão de dentes preservados”, disse o professor. O mesmo ainda destacou que o Brasil está equiparado a países como EUA e Canadá e na América do Sul está a frente de países como a Argentina.


A ativadora da mesa, Liliane Parreira Tannus Gontijo, representando o Conselho Regional de Odontologia de Minas Gerais - CROMG, registrou sua participação ao informar que o objetivo do Brasil ainda está longe de ser alcançado e apontou que alguns dados apresentados pelo professor Ângelo Roncalli, precisam ser pontuados por alguns itens.  “Os levantamentos epidemiológicos possuem uma importância significativa para a criação de politicas de saúde bucal. Hoje nós precisamos de novas politicas e novos recursos. A odontologia precisa desse olhar”, finalizou.


Para o presidente do SOERN, Ivan Tavares, os índices estão melhores por conta do investimento do governo. "Eu entendo que em função dos investimentos nunca houve tanto empregos na área de saúde bucal do país, ao mesmo tempo nunca houve tanta reclamação. Este paradoxo se dá em função da precarização do emprego. Isso significa que o compromisso dos prefeitos, que cabe a contrapartida  salarial é mínimo. Por isso, para que os números continuem positivos há de se criar  mecanismos do proteção ao trabalhador. Sendo o principal, a carreira de estado no SUS", destacou.

Ao final da mesa, o presidente do SOERN chamou os diretores do sindicato, Edson Cirilo e Flávio Calife, para a entrega dos certificados.

Cobrapo lota auditório do Hotel Parque da Costeira, para a abertura dos trabalhos

Com o tema “A Valorização da Odontologia na Atenção Primária”, cirurgiões-dentistas de todo o Brasil estiveram reunidos na última quinta-feira, 06, no Hotel Parque da Costeira, para a abertura da III Cobrapo.

O evento contou com a realização da Federação Interestadual dos Odontologistas (FIO), em parceria com os Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Norte (SOERN) e de Minas Gerais (SOMGE).
O presidente do SOERN, Ivan Tavares falou sobre a sua expectativa para o III Cobrapo. “Espero que o Congresso desperte a atenção dos colegas que trabalham na rede básica para a importância da reciclagem profissional e participação política em todo o processo”, disse e acrescentou que será uma ótima oportunidade de alargar os conhecimentos sobre o SUS e ainda discutirmos sobre diversas questões como o aviltamento de salários, valores praticados pelos planos de saúde, entre outros.







 



O presidente da FIO e do Congresso, José Ferreira Campos Sobrinho falou um pouco sobre o evento. “O Cobrapo reúne profissionais da área de saúde pública de todo o Brasil. A atenção básica abrange atualmente cerca de 70% dos problemas odontológicos, onde são feitos atendimentos diversos, nos postos de saúde e nos programas de saúde da família”, destacou  e completou que é uma oportunidade ímpar de se discutir um assunto tão relevante para os profissionais e toda a sociedade.

Já o vice- presidente da FIO e presidente de honra do Cobrapo, Luciano Éloi Santos falou como surgiu o Cobrapo. “Foi criado em 2011, em Belo Horizonte e, agora em Natal, nós chegamos a 3º edição. Queremos levar o evento para diversos estados brasileiros e sempre com o objetivo de discutir a estruturação da atenção primária da odontologia, valorização profissional e a qualidade do atendimento prestado aos usuários do SUS”, enfatizou.
Para a Diretora do SOERN, Teresa Neumann, discutir a atenção primária é fundamental: "é necessário que servidores, gestão e população estejam juntos no processo de reorganização da atenção básica, objetivando a diminuição de agravos".







Na oportunidade, três nomes da odontologia foram homenageados com uma menção honrosa, entre eles, o dentista, Aldo da Fonseca Tinoco. “Sou muito agradecido pela homenagem. Sem dúvida um reconhecimento a alguém que fez alguma coisa pela odontologia”, disse.

Para a palestra magna foi convidado o presidente do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO- SP), Cláudio Yukio Miyake que abordou o tema: “A Valorização da Odontologia na Atenção Primária”. “Eu acredito que enquanto não houver uma conscientização da população para a saúde bucal, essa problemática nunca será resolvida. Quanto mais a população cobrar dos gestores, um atendimento de qualidade no SUS, mais eles vão se esforçar para implantar programas e gerar recursos para a atenção básica”, finalizou.






sexta-feira, 7 de novembro de 2014

SOERN no III COBRAPO

SOERN está presente no III COBRAPO realizando uma atualização cadastral. No local, a funcionária Samara Santos orienta os profissionais a fazerem a atualização e também providenciar a associação de novos membros ao sindicato!



Palestra de abertura do III COBRAPO

Na palestra de abertura do III COBRAPO, o presidente do SOERN, Ivan Tavares  nesse momento coordena uma mesa sobre o tema "Levantamento Epidemiológico SB 2010".
Ainda na mesa, participam Ângelo Giusesp Roncali como ministrador e Liliane Parreira Tannus Gontijo como ativadora.
 
 

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

SOERN marca presença na reunião da FIO

Hoje (06), no Hotel Parque da Costeira, acontece a Assembleia Geral Ordinária da Federação Interestadual dos Odontologistas – FIO com 14 representantes de Sindicatos da categoria para tratar assuntos relevantes da odontologia.  O SOERN, marca presença com o presidente Dr. Ivan Tavares e demais componentes da direção.

Pela manhã, aconteceram os Informes dos Estados, onde cada representante teve a oportunidade de apresentar as atividades realizadas nos seus Estados e sobre o cenário atual em relação a profissão, como: empregos, salários, lixo hospitalar, entre outros assuntos.

O presidente do SOERN, Dr. Ivan Tavares, relembrou sobre a participação do Sindicato em audiência pública que teve como pauta o lixo hospitalar da odontologia. “Somos muito pacíficos, temos que retornar esse assunto em nível nacional”, enfatizou para os presentes.

Aproveitou também para apresentar as atividades do Sindicato citando algumas ações realizadas, como: a Sabatina entre os candidatos ao governo do Rio Grande do Norte, a mesa de negociação na qual foi aprovado a licença-prêmio sem corte na remuneração, luta pela Lei que concede um reajuste de 10% à ESF e o aumento da gratificação das especialidades odontológicas do CEO, para 1.400,00; sobre o pagamento dos dias descontados na greve, além da luta pelo piso nacional do cirurgião-dentista, entre outros. 

Todos os presentes receberam um relatório impresso das atividades realizadas no SOERN nesses últimos meses. “Estamos em momento critico para a profissão, precisamos tomar uma atitude”, finalizou Tavares.
 
 

Cirurgiões-dentistas realizam ação de conscientização da saúde bucal, no Varela Santiago

Cirurgiões-dentistas de todo o Brasil estão em Natal hoje, amanhã e depois para participar do III Cobrapo, com o tema “A Valorização da Odontologia na Atenção Primária”. O evento é realizado pela Federação Interestadual dos Odontologistas (FIO), em parceria com os Sindicatos dos Odontologistas do Rio Grande do Norte (SOERN) e de Minas Gerais (SOMGE). Trata-se de um momento de reflexão que tem como objetivo, discutir e dimensionar as experiências das equipes de saúde bucal na atenção primária e da sua gestão.



Paralelo ao evento, os cirurgiões- dentistas realizaram hoje pela manhã, uma ação no Hospital Infantil Varela Santiago de atenção e conscientização para a saúde bucal, sob o comando da coordenadora, Ana Paula Silva, cirurgiã dentista e Mestre em Oncologia. “A escolha do Varela Santiago se deu por indicação dos profissionais de odontologia do RN. Falaram muito bem do trabalho desenvolvido e pelo fato do Varela atender exclusivamente pacientes do SUS”, disse a dentista.


Cirurgiões-dentistas do Município de Macaíba e que fazem parte do Projeto “Novo Sorriso”, da Secretaria Municipal de Saúde, proporcionaram uma manhã diferente às crianças assistidas no Centro de Oncologia do Varela Santiago e com o uso de fantoches e distribuição de um kit composto por escova, pasta e fio dental, explicaram a todos a importância de uma boa escovação e como fazê-la.
Vânia Araújo é membro da Comissão Organizadora do COBRAPO e elogiou o trabalho feito no Varela Santiago. “Gostaria de agradecer a Dr. Paulo Xavier pela oportunidade de estarmos aqui hoje. Parabenizo o belo trabalho que ele desenvolve nessa Instituição”, disse.


A Secretária Municipal de Saúde de Macaíba, Silvania Cosme esteve presente e proferiu algumas palavras. “Agradeço a todos os presentes, às mães que trouxeram os seus filhos para saber um pouco mais sobre a escovação dos dentes. Parabenizo os profissionais dentistas que viraram verdadeiros artistas para realizar essa ação de forma tão brilhante”, ressaltou a secretária.



A coordenadora do programa de saúde bucal de Belo Horizonte, Rita de Cássia Martins faz parte do CRO de Minas e ainda do SOMGE e explicou a relevância desta iniciativa. “Vejo essa ação como uma valorização da odontologia, tema principal de discussão do  COBRAPO. Nossa categoria está muito desprestigiada e, com uma ação deste tipo, nós percebemos o quanto os profissionais do SUS prezam pela humanização do atendimento aos usuários e, tudo isso, sempre com um sorriso no rosto”, declarou e acrescentou que o SUS hoje é o maior empregador do cirurgião- dentista.