quinta-feira, 9 de abril de 2015

Cirurgiões dentistas de São Gonçalo do Amarante reclamam de falta de segurança nos postos de saúde



Na semana que passou, o SOERN se reuniu com alguns profissionais do município de São Gonçalo que denunciavam a  falta de segurança nos postos de saúde onde estão lotados. Acompanhados pelo presidente do sindicato Ivan Tavares, os cirurgiões dentistas Amaury Neto, Lyslie Fonseca e Aderusa foram à sede prefeitura e recebidos pelo chefe do gabinete do prefeito, relataram os acontecimentos que vão desde arrombamentos a assalto à mão-armada dentro das unidades.

A cirurgiã dentista Lyslie Fonseca, formada há 11 anos, trabalha há três em São Gonçalo já foi vítima de assalto mais de uma vez. O primeiro quando trabalhava no bairro de Golandin I, após o incidente solicitou a transferência para a Unidade Regomoleiro, onde também já aconteceu assalto e roubaram inclusive eletrodoméstico comprado com o dinheiro dos profissionais. “O terror de ser assaltada dentro do nosso ambiente de trabalho é inaceitável. Sabemos que isto é uma questão que está acontecendo não só em SGA, mas a prefeitura tem a obrigação de colocar guardas municipais nesses postos de saúde mais problemáticos e garantir a segurança dos seus funcionários”, informou a profissional que sente muito medo que a situação se repita.

De acordo com Lyslie Fonseca, a única médica feita pela prefeitura foi transferi-la de unidade, conforme sua solicitação, mas nenhuma atitude em termos de melhorar a segurança foi providenciada.  “No mês de março  instalaram câmeras dentro e fora da unidade, mas ainda não estão funcionando. Acredito que vai melhorar alguma coisa , pelo menos ajudar na identificação, no caso de alguma  eventualidade”, disse.

Outro cirurgião dentista vítima de assalto é Amaury Neto, que há seis anos atua em São Gonçalo. Na época do incidente, o profissional trabalhava em Golandin II e logo após  pediu transferência para a unidade de Amarante. De acordo com o cirurgião dentista, a prefeitura quando procurada alegou que  a segurança dos postos é de responsabilidade da Guarda Municipal, mas que para enviar um guarda para cada unidades, antes é preciso realizar um concurso público

O presidente do SOERN informa que foi formada uma comissão entre sindicato e profissionais do município de São Gonçalo do Amarante. Na ocasião foram feitas  visita ao chefe do Gabinete do Prefeito, em seguida ao chefe do policiamento da guarda municipal, bem como  foram informados o secretário de saúde do município e ao Ministério Público. “ Ficou resolvido que haverá uma reunião dia 14 de abril, às 9h00, com representantes  de ambas as partes para tratar desses assuntos, tais como reforma do Plano de Carreira, ponto eletrônico. A proposta é  termos um  seminário conjunto com outros sindicatos abordando temas que interessam todos os funcionários”, disse Ivan Tavares.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.