quinta-feira, 17 de setembro de 2015

SOERN e CRO participam de reunião, na Secretaria Municipal de Saúde, em Mossoró

Hoje pela manhã, os presidentes do Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Norte (SOERN), Ivan Tavares, juntamente com o do Conselho Regional de Odontologia (CRO), Gláucio de Morais, estiveram na cidade de Mossoró, para discutir assuntos inerentes à categoria, com a secretária adjunta de saúde, Silvana Escóssia. A reunião tinha sido marcada com a secretária titular, Leodize Cruz, mas ela está de férias e não teve como comparecer ao compromisso agendado.
Diversos assuntos fizeram parte da pauta da reunião, entre eles: afirmar a condição de representatividade do SOERN em todo o estado, explicar a relação com os outros sindicatos, em Natal, São Gonçalo do Amarante, etc. Na oportunidade, o SOERN apresentou os representantes do Sindicato em Mossoró, que vão fazer a mediação dos contatos entre o Sindicato e os órgãos de interesse da cidade.



O presidente do SOERN, Ivan Tavares fez diversas propostas, durante a reunião, dentre elas, a criação de uma mesa de negociação, em Mossoró. “Sugiro que se faça uma mesa municipal de negociação, para que possamos dialogar sobre as questões inerentes aos cirurgiões-dentistas, como: jornadas e condições de trabalho e ainda, sobre os Centros de Especialidades Odontológicas”, disse Dr. Ivan e acrescentou que a mesa é uma alternativa preventiva, para evitar possíveis greves.
A secretária Silvana falou um pouco sobre a mais recente greve da saúde, que durou cerca de três meses. “Tivemos um momento complicado, mas mesmo diante de tantas dificuldades, conseguimos segurar as UPA'S, pois temos que garantir o mínimo em termos de assistência à população, que deve ser atendida em suas necessidades”, contou.
Ivan falou sobre a implantação da gratificação dos CEO'S, em Lei Municipal. “Aqui em Mossoró essa gratificação deve ser revista, pois em Natal, nós conseguimos aumentar para R$1.400,00 (um mil e quatrocentos Reais)”, declarou e acrescentou que o profissional, recebe estando de férias ou doente. Ivan falou ainda que a luta é de trabalhadores que querem receber dignamente.

O presidente do CRO, Gláucio de Morais também se pronunciou durante a reunião. “Esperamos uma boa relação com a gestão atual aqui em Mossoró. Nossa preocupação é que a sociedade tenha um serviço de qualidade e, por esse motivo, nós temos hoje, uma ótima relação com o SOERN, por entendermos que o Sindicato luta pelas questões salariais, condições de trabalho justas e valorização profissional”, finalizou.
O cirurgião dentista Fabricio Espínola falou sobre a sua insatisfação ao trabalhar em uma das unidades de Mossoró. “Trabalhamos 40h e recebemos apenas 20h. Salário super defasado, só não saio, porque tenho pena da comunidade que ficará sem os serviços odontológicos”, ressaltou.

Participou também da reunião, o cirurgião-dentista e auditor da saúde da cidade de Mossoró, Junei Canuto. “Temos muito a cumprir tanto nos CEOS, quanto na atenção básica. Parabenizo o SOERN, em especial, Ivan Tavares por se preocupar com essas questões da odontologia. Fico feliz ao ver esse movimento, que sem dúvida, só soma para a nossa odontologia. Essas conversas, com certeza, só somam e fazem com que procuremos sempre melhorias, dentro do possível, para a odontologia”, destacou.
Outros assuntos foram discutidos também: implantação de gratificação para plantonistas em Lei Municipal, aumento salarial baseado em estudo feito pelo DIEESE. Salário base atual R$1.780,00 + 20% insalubridade sobre o salário mínimo. Foi solicitado mudança no PCCR, para incidência sobre o salário base vigente. O valor da estratégia de saúde família atual hoje é de R$1750,00.
Foi proposto ainda, a realização de concursos para suprir a defasagem numérica dos profissionais dentistas. 
A secretária disse que os pontos da reunião serão repassados e analisados pela secretária titular da saúde do Município, Leodize Cruz. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.