terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Luta Unificada: servidores decidem pela suspensão da greve e estado de vigília até próxima assembleia

Nesta terça-feira (31) os servidores municipais, em luta há mais de 70 dias, realizaram uma assembleia unificada para ouvir os informes dos Sindicalistas acerca da reunião de ontem, junto à Prefeitura.
Os trabalhadores receberam cópias do documento assinando pela gestão (que pode ser visualizado abaixo), no qual ela se compromete com os três pontos solicitados pela Entidade: o anúncio do pagamento de janeiro, a instalação da Mesa de Negociação e o abono das faltas.
Diante do posicionamento, foi definida a SUSPENSÃO da greve e uma nova ASSEMBLEIA UNIFICADA para a próxima QUARTA-FEIRA (8), ÀS 9H, NO SINSENAT, quando será avaliado o cumprimento da palavra da Prefeitura e os encaminhamentos do movimento.
A LUTA CONTINUA!
O retorno aos locais de serviço começa amanhã (1), mas a luta será continuada! Na segunda-feira (6), das 15h às 17h, está previsto mais um TWITAÇO! Vamos usar a hashtag #SeNãoCumprirAGreveVolta e agitar as redes sociais com ainda mais força!
E lembrem-se: a mobilização continua com firmeza até a próxima assembleia. Permaneceremos vigilantes a todo momento!
1

Fonte: Sinsenat https://sinsenat.org/2017/01/31/luta-unificada-servidores-decidem-pela-suspensao-da-greve-e-estado-de-vigilia-ate-proxima-assembleia/

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Coletiva de imprensa

Hoje pela manhã (25), no auditório do SINSENAT, aconteceu coletiva com a imprensa convocada pelos Sindicatos que estão participando da greve unificada. O SOERN foi representado por Teresa Neumann .
 
Para os Sindicatos a postura intransigente lança dúvidas sobre a real intenção da Prefeitura  de Natal em chegar  a uma solução. Todas as atividades de luta foram votadas e aprovadas por unanimidade, entretanto, mostrando mais uma vez a abertura para o diálogo.
 
 As direções sindicais se dispuseram a suspender a agenda e antecipar a assembleia unificada a qualquer momento, caso a Prefeitura decida mudar seu posicionamento quanto às faltas.
 
A luta dos servidores municipais de Natal é por direitos e dignidade. Os Sindicatos reafirmam o desejo de negociar, porém, não aceitam que se punam com faltas os trabalhadores, já castigados com tantos atrasos salariais.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Servidores do município decidem manter a greve, por tempo indeterminado

Nesta terça-feira (17), membros da diretoria do Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Norte (SOERN) participaram de uma assembleia unificada, no auditório do Sinsenat, onde estava lotado de servidores ligados ao município de Natal, que votaram pela continuidade da greve, por tempo indeterminado.






Na oportunidade, a coordenadora do Sinsenat, Soraya Godeiro abriu os trabalhos e falou a respeito do posicionamento da prefeitura por telefone, na manhã de hoje, onde líderes sindicais estiveram presentes para debater os encaminhamentos da greve. “Até hoje às 16h, a prefeitura ficou de dar um retorno para nós dizendo a data da reunião para que possamos instalar uma mesa de negociação e ainda, firmar um calendário de pagamentos. Além disso, o que queremos é saber a data certa para o pagamento, referente ao mês de janeiro”, enfatizou.
O diretor do SOERN, Flávio Calife falou sobre a expectativa da greve para os próximos dias. “Vamos aguardar o posicionamento da prefeitura e esperar que marque a reunião, para que possamos debater os pontos reivindicados pelos servidores”, explicou e destacou que diante disso, uma nova assembleia unificada já está marcada para a próxima quinta-feira (19), às 9h, no auditório do Sinsenat.
















segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

SOERN diz “sim” para a continuidade da greve

O Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Norte (SOERN) realizou hoje (16), pela manhã, em sua sede, uma assembleia específica para avaliar com a categoria se continua a greve ou não, relacionada aos servidores do município de Natal. Os cirurgiões-dentistas votaram por unanimidade pela permanência da greve, por tempo indeterminado. 
O presidente do SOERN, Ivan Tavares explicou hoje, durante a reunião, os três motivos principais que ocasionou a presente greve. “O movimento grevista se deu em cima de três pontos principais: o atraso salarial injustificado, pois ninguém da prefeitura convenceu os sindicatos a respeito dos atrasos, data base, onde o assunto não é conversado e os gestores não recebem os sindicatos para dialogar e o terceiro ponto diz respeito a lisura na folha de pagamento do Município”, disse e acrescentou que foi pedida a folha de pagamento, para analisar os “altos salários”, quando a prefeitura alega que não tem dinheiro para tal.
Terceirização e ponto eletrônico também foram assuntos de pauta, durante a assembleia de hoje.
Para que o movimento ganhe ainda mais força, o SOERN convida a todos os dentistas ligados ao município de Natal para participar amanhã (17), às 9h, no auditório do Sinsenat, de uma Assembleia Unificada, que reunirá diversos sindicatos, para decidir os rumos da greve.
O diretor do SOERN, Flávio Calife, disse que a participação dos cirurgiões-dentistas no movimento tem sido mínima. “Lamentamos a falta de participação dos servidores que, muitas vezes, só cobram do nosso sindicato. Quero dizer que o desgaste é grande, as negociações não são fáceis, participar de reuniões, assembleias, audiências, mas não cansamos de lutar pelo o que merecemos e temos direito”, enfatizou e destacou que quando existe uma perda, todos perdem. Por esse motivo é preciso que seja uma luta em conjunto e mais participativa.

Diversos sindicatos, além do SOERN, participam do movimento e representam os servidores do município, dentre eles, Sinsenat, Sindsaude, Sindguardas e Sindern. 


Atenção! Amanhã terá Assembleia Unificada, no Sinsenat


quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

SOERN realiza nesta segunda,16, Assembleia para discutir Greve

O SOERN convoca todos os servidores municipais, municipalizados e contratados
do município de Natal, para comparecerem à Assembleia, que acontecerá, na próxima
segunda-feira (16/01), às 9h00, na sede do SOERN.

PAUTA: 1- GREVE do Município de Natal
Sua presença é fundamental !