segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

SOERN diz “sim” para a continuidade da greve

O Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Norte (SOERN) realizou hoje (16), pela manhã, em sua sede, uma assembleia específica para avaliar com a categoria se continua a greve ou não, relacionada aos servidores do município de Natal. Os cirurgiões-dentistas votaram por unanimidade pela permanência da greve, por tempo indeterminado. 
O presidente do SOERN, Ivan Tavares explicou hoje, durante a reunião, os três motivos principais que ocasionou a presente greve. “O movimento grevista se deu em cima de três pontos principais: o atraso salarial injustificado, pois ninguém da prefeitura convenceu os sindicatos a respeito dos atrasos, data base, onde o assunto não é conversado e os gestores não recebem os sindicatos para dialogar e o terceiro ponto diz respeito a lisura na folha de pagamento do Município”, disse e acrescentou que foi pedida a folha de pagamento, para analisar os “altos salários”, quando a prefeitura alega que não tem dinheiro para tal.
Terceirização e ponto eletrônico também foram assuntos de pauta, durante a assembleia de hoje.
Para que o movimento ganhe ainda mais força, o SOERN convida a todos os dentistas ligados ao município de Natal para participar amanhã (17), às 9h, no auditório do Sinsenat, de uma Assembleia Unificada, que reunirá diversos sindicatos, para decidir os rumos da greve.
O diretor do SOERN, Flávio Calife, disse que a participação dos cirurgiões-dentistas no movimento tem sido mínima. “Lamentamos a falta de participação dos servidores que, muitas vezes, só cobram do nosso sindicato. Quero dizer que o desgaste é grande, as negociações não são fáceis, participar de reuniões, assembleias, audiências, mas não cansamos de lutar pelo o que merecemos e temos direito”, enfatizou e destacou que quando existe uma perda, todos perdem. Por esse motivo é preciso que seja uma luta em conjunto e mais participativa.

Diversos sindicatos, além do SOERN, participam do movimento e representam os servidores do município, dentre eles, Sinsenat, Sindsaude, Sindguardas e Sindern. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.