quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Servidores municipais participam de Assembleia e, em seguida, de ato público

Nesta quarta-feira (8), após grande debate, os servidores municipais, optaram pela continuidade da suspensão da greve, com a manutenção de um estado de vigília até às próximas assembleias.
O SOERN esteve bem representado por sua diretora, Teresa Neumann que fez parte da mesa, juntamente com outros líderes sindicais. “O SOERN enquanto entidade está antenado nas mídias sociais e em tudo o que diz respeito sobre a reforma. Quero dizer que estaremos sempre em consonância com outros sindicatos, para que possamos dar continuidade a essa lluta", disse e acrescentou que, nesse momento, o movimento sindical precisa estar mais efervescente, para combater esse rolo compressor em cima dos trabalhadores”, enfatizou e destacou que acredita nessa força de resistência e na luta unificada”,frizou Teresa Neumann










A diretora do Sinsenat, Soraya Godeiro disse que a luta continua, mas no geral, a avaliação que ela faz da greve é positiva. “Ainda queremos a mesa de negociação instalada, calendário de pagamento e não podemos deixar de reivindicar a nossa data base. “Somente juntos que podemos derrotar o prefeito Carlos Eduardo. Temos a certeza que se não fosse a nossa luta, a situação dos servidores estaria bem pior. O grande objetivo dele é congelar os salários, atrasar os pagamentos e, com isso, sucumbir a questão da data base. É importante lembrar que hoje são 8 de fevereiro e o pagamento ainda não está concluído, referente ao mês de janeiro. Não existe nenhuma informação oficial sobre o término do pagamento de janeiro, sem data prevista”, ressaltou.
Ao término da Assembleia, os servidores seguiram para um ato público, em frente ao INSS, para combater a reforma da previdência, em um movimento Fora Temmer.
Diversos servidores se inscreveram
Na oportunidade, foram definidas assembleias específicas de cada entidade para o dia 15 de fevereiro. E no dia 21, às 9h, no auditório do Sinsenat, uma assembleia unificada, com indicativo de greve.

Diversos servidores se inscreveram para contribuir com perguntas ou sugestões interessantes. 










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.