sexta-feira, 28 de maio de 2010

PROPOSTA PARA O PCCS SUS: SMS DE NATAL

Implantação

Etapa 01 – Regulamentação
Etapa 02 – Enquadramento
Etapa 03 – Execução (simultâneo com o Plano Geral)

- 30% em setembro/10
- 35% em janeiro/11
- 35% em março/11

- Data-base conforme 1º do Artigo 80, da Lei 108/09.

- Não serão contemplados no PCCS-SUS:

Servidores temporários.

Servidores regidos por legislação específica própria, com piso salarial diferenciado e dissociado da lógica do PCCS-SUS Municipal.

Adicional Noturno

O valor da Gratificação do plantão será o mesmo pago no SAFU

Médico na UPA - 2.750,00

Médico nas demais - 2.500,00

Nível Superior na UPA - 2.200,00

Nível Superior nas demais - 2.100,00

Nível Médio na UPA - 700,00

Nível Médio nas demais - 550,00

Nível Fundamental (R$36,67 por plantão) - 513,38

Pagamento do adicional de insalubridade sobre o vencimento básico;
2,3% de internível;

Enquadramento inicial pelo tempo de serviço com mudança de nível de 02 em 02 anos;

Os servidores municipalizados serão beneficiados com a criação de vantagem específica para evitar perda salarial.

O ingresso no atual Plano será por OPÇÃO DO SERVIDOR

O plano de cargos será estruturado em Carreiras, classes e padrões de vencimentos:

- Auxiliar em Saúde
- Assistente em Saúde
- Especialista em Suporte à Saúde
- Especialista em Saúde

Gratificações que serão mantidas:

- PSF

- Difícil Fixação

- GEVISA

- Produtividade

- Quinquênio

Obs: O SOERN está negociando com a gestão Municipal a manutenção da GEO (Gratificação de Especialidades Odontológicas) para os colegas lotados nos CEO’S.

Em hipótese alguma nenhum servidor poderá ter perda no valor da sua remuneração;

A forma de ingresso de qualquer servidor não poderá ser modificada em nenhuma hipótese, em conformidade aos ditames constitucionais;

ASSEMBLEIA DO PRECATÓRIO

Resultado da Assembleia do dia 26.05 sobre o precatório:

Por maioria, ficou decidido que a Cooperativa de Crédito - UNICRED - será a referência para recebimento do numerário.

Assim, quem não tiver conta lá, pode abrir; caso não queira, precisa informar o Banco, Agência e Conta para o devido crédito.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

SESAP/RN: NEGOCIADO O AUMENTO PARA 2010

Fruto de negociação entre o nosso Sindicato e a Secretaria Estadual de Saúde do RN foi concedido aos servidores um aumento de 15% (quinze por cento), agora em junho, e 6% (seis por cento), em dezembro deste ano, não cumulativamente.

De parabéns, portanto, a nossa categoria por mais esta conquista!

quarta-feira, 26 de maio de 2010

RESULTADO FINAL DA ELEIÇÃO DO CRO-RN

A Chapa 01 venceu a eleição do CRO-RN em 2º turno por 886 votos contra 673 da Chapa 02.

Com 213 votos a mais, a chapa 01, encabeçada pelo atual presidente do CRO-RN, Eimar Lopes de Oliveira, venceu ontem, dia 25, o 2º turno da eleição para renovação do plenário do CRO-RN no biênio 2010/2012.

A Chapa 01 obteve um total de 886 votos, somando Natal, Mossoró e Interior, contra 673 sufrágios da Chapa 02 do candidato Fernando José Pereira Pinto.

O total de votantes no 2º turno foi de 1.635 eleitores, contra 1.550 que votaram no 1º turno, no dia 6 de maio.
Só em Natal votaram 1288 cirurgiões-dentistas, enquanto que em Mossoró foram 114 CDs e outros 233 postaram seus votos de cidades do interior do Rio Grande do Norte e de outras cidades do País.

A votação em Natal e Mossoró, onde foram instaladas as urnas eletrônicas, foi tranquila, com os cirurgiões-dentistas votando na sede da Academia Norte-riograndense de Odontologia, na rua Dr. Múcio Galvão, 480, no Tirol, e na Delegacia Regional do CRO-RN, na Av. Diocesana, 260, em Nova Betânia.

Os candidatos da Chapa 01 e 02 votaram pela manhã em Natal e permaneceram nas imediações da Academia fazendo boca de urna, porém, respeitando o limite imposto pela Comissão Eleitoral, presidida pelo cirurgião-dentista Humberto Dantas.

Cerca de 500 dentistas votaram em Natal até as 12h30min, enquanto a maioria deixou para votar depois daquele horário. Mesmo com a chuva do período da tarde, a maioria dos CDs preferiu votar a partir das 13 horas até o encerramento da votação, às 17 horas.

No período da manhã, uma das urnas eletrônicas instaladas na Academia Norte-Rio-grandense de Odontologia apresentou um problema e o presidente da comissão decidiu prosseguir a votação no modo tradicional com a cédula sendo depositada na urna.

Segundo a comissão Eleitoral, 26 dentistas votaram com cédula de papel no período que a urna eletrônica apresentou problema, logo solucionado.
Os candidatos a conselheiros e simpatizantes das chapas fizeram suas campanhas distribuindo panfletos e conversando com os eleitores na tentativa de angariar os votos dos indecisos.

Os Conselheiros Federais, Paulo Sérgio Moreira, de Alagoas, e Genésio Albuquerque, de Tocantins, foram os observadores dessa eleição. Eles já tinham sido indicados pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) para acompanhar o pleito no 1º turno e agora retornaram para observar a eleição do 2º turno.

APURAÇÃO DOS VOTOS
A apuração dos votos em Natal começou logo após o encerramento da votação, às 17 horas. Primeiro foram extraídos os resultados das duas urnas eletrônicas, sendo que uma delas, a mesa 03, apresentou um problema na hora de imprimir o resultado.

A técnica do TRE-RN, Milena Lima, que cuida das urnas eletrônicas, foi chamada à Academia para resolver a falha. Ela se deslocou do TRE-RN para a Academia no veículo do CRO-RN e, em poucos minutos, conseguiu imprimir o resultado, após utilizar uma reserva. Milena conseguiu transferir a memória da urna de votação para a reserva e assim imprimiu o resultado da mesa 03.

A demora maior na apuração aconteceu com os votos que foram postados pelos Dentistas do interior, que obrigou primeiro os integrantes da mesa apuradora a separar todos os envelopes.

Depois de separados os envelopes com as cédulas, o pessoal começou a contagem, sob observação dos fiscais das duas chapas e dos Conselheiros Federais.

O resultado final do pleito saiu por volta das 19h30min, mas antes disso, o candidato da chapa 02, Fernando José Pinto, logo após a apuração da primeira urna de Natal, se dirigiu ao candidato Eimar Lopes para cumprimentá-lo pela votação. A Chapa 01 tinha obtido 424 votos contra 226 da Chapa 02.
Depois dos dois candidatos terem se cumprimentado, Fernando Pinto deixou a tenda da sua chapa em frente à academia e não mais acompanhou a apuração do restante dos votos daquele local.

O presidente do CRO-RN continuou com os colegas de chapa acompanhando a apuração que aconteceu no auditório da Academia, até que o resultado final foi proclamado pelo presidente da Comissão Eleitoral.

A partir do momento em que foi eleito, o novo presidente do CRO-RN passou a ser festejado pelos colegas, bem como recebeu vários telefonemas de CDs felicitando-o pela vitória.

Para o novo presidente do CRO-RN, que está sua terceira gestão à frente do Conselho será ainda de maior responsabilidade, já que os colegas demonstraram pelo voto que apóiam a sua administração.

“Vamos trabalhar ainda mais com os meus colegas conselheiros para defender os interesses da categoria, como nas questões salariais, na valorização profissional e lutando por melhores condições de trabalho, não só no setor público, mas também no setor privado”, afirmou Lopes. “Também continuaremos fiscalizando as unidades de saúdes, combatendo o exercício ilegal da profissão e realizando Jornadas pelo interior e capital.”

Apuração Final - Votos de Natal, Mossoró e Interior
Chapa 01 – 886 votos
Chapa 02 – 673 votos
Votos Brancos - 15
Votos nulos - 61

Resultado da eleição para o CRO-RN em Natal
Chapa 01 – 686 votos
Chapa 02 – 556 votos
Votos Brancos - 12
Votos nulos - 34

Resultado da eleição para o CRO-RN em Mossoró
Chapa 01 –70
Chapa 02 – 42
Votos Brancos – 00
Votos Nulos – 02

Resultado da eleição para o CRO-RN no Interior
Chapa 01 – 130
Chapa 02 – 75
Votos Brancos – 03
Votos Nulos – 25

quinta-feira, 20 de maio de 2010

ASSEMBLEIA SOBRE O PRECATÓRIO

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

De conformidade com o Artigo 9° do Cap. III do Estatuto em vigor, ficam convocados todos os Cirurgiões Dentistas filiados e no gozo dos seus direitos, a participarem da ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA do SOERN, a realizar-se no dia 26.05.2010 (quarta feira), para que sejam discutidos e deliberados os seguintes assuntos em pauta:

1º - Informes;

2º - Precatório das Perdas Salariais e FGTS dos Dentistas servidores do Estado do RN;

LOCAL: AUDITÓRIO DA FIERN – CASA DA INDÚSTRIA
Av. Senador Salgado Filho, 2860

HORÁRIO: 19 horas – 1ª Convocação
19h:30min– 2ª e última Convocação

Ivan Tavares de Farias Júnior
Presidente

PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS: NOVA TABELA DO SUS

A Portaria nº 1.032, de 05.05.2010 inclui procedimento odontológico na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses e Próteses e Materiais Especiais do Sistema Único de Saúde - SUS, para atendimento às pessoas com necessidades especiais.

O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso de suas atribuições, e
Considerando o art. 47 da Lei Nº 8.080, de 19.09.1990, que define a organização de um sistema nacional de informações em saúde, integrado em todo o território brasileiro, abrangendo aspectos epidemiológicos e de prestação de serviços;

Considerando a Portaria Nº 204/GM, de 29.01.2007, que regulamenta o financiamento e a transferência dos recursos federais para as ações e os serviços de saúde, na forma de blocos de financiamento, com o respectivo monitoramento e controle;

Considerando a Portaria Nº 321/GM, de 08.02.2007, que institui a Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses e Próteses e Materiais Especiais do Sistema Único de Saúde - SUS;

Considerando o que estabelece a Política Nacional de Saúde Bucal - Brasil Sorridente em relação à reorganização das práticas e a qualificação das ações e serviços oferecidos na Saúde Bucal, visando à integralidade das ações;

Considerando as Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal; e

Considerando a necessidade de viabilizar o acesso das pessoas com necessidades especiais, às ações de promoção, prevenção e recuperação da Saúde Bucal, resolve:

Art. 1º Incluir na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses e Próteses e Materiais Especiais do Sistema Único de Saúde - SUS, o procedimento voltado aos pacientes com necessidades especiais que necessitem de atendimento em ambiente hospitalar.

Conheça a nova portaria clicando no link abaixo:
http://dab.saude.gov.br/docs/legislacao/portaria1032_05_05_10.pdf

sábado, 15 de maio de 2010

CIRURGIÕES BUCOMAXILOFACIAIS HOMENAGEARAM A GOVERNADORA

Os especialistas da Secretaria Estadual de Saúde do RN prestaram homenagem, na noite de 6ª feira, 14.05., a várias personalidades, dentre elas a Governadora Wilma Maria de Faria - Período 2003/2010.




O motivo que levou grande número de participantes à festa foi a merecida conquista do pleito que reivindicou reajuste salarial para esses Cirurgiões baseado em lei específica, referente à carga horária, dobrada de 20 para 40 horas, e à implantação da gratificação de alta complexidade, antes concedida apenas aos médicos das mesmas equipes de emergência dos hospitais Walfredo Gurgel (Natal); Deoclécio Marques (Parnamirim) e Tarcísio Maia (Mossoró).
A firme atuação da Governadora permitiu que a Justiça fosse aplicada adequadamente.

A solenidade teve início com o discurso do Presidente do Sindicato dos Odontologistas do RN, Dr. Ivan Tavares de Farias Júnior, historiando o desenrolar dos acontecimentos que culminaram com a solução do impasse surgido com a reivindicação daquela categoria profissional.


As pessoas que muito contribuíram para o êxito do pleito receberam placa alusiva:
Dr. Edilson Tavares,
Gerente de Recursos Humanos do Estado do RN, entregue pelo próprio Presidente do SOERN;

Deputado Fernando Mineiro, representado pela sua esposa, Cirurgiã Dentista Dra. Lavínia Uchoa Azevedo de Araújo, servidora do Estado e Professora da UFRN, recebeu do Dr. Walmir Pereira Nunes, Presidente da Sociedade de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial do RN;

A placa do Dr. Wellington Tavares, Ex-Secretário Adjunto do Gabinete Civil do RN, foi entregue pelo Dr. Rômulo Dias, enquanto o Dr. Edson Viana fez entrega à própria Governadora.

O ato contou também com a presença das seguintes personalidades:
Deputada Estadual Márcia Maia;
Dr. José Pegado, Controlador Geral do Estado do RN;
Dr. Jorge Luís Castro, Coordenador de Recursos Humanos da SESAP/RN;
Dr. Eduardo Freire, do Conselho Regional de Odontologia do RN;
Dr. Pedro Alzair, Presidente da Associação Brasileira de Odontologia do RN;
Dr. José Ferreira Campos Sobrinho, da Academia Norte-Rio-Grandense de Odontologia;
Dr. Israel Nunes, Procurador da Assembleia Legislativa do RN.

Em sua fala a Governadora Wilma de Faria disse, comovida, da sua satisfação por constatar que ainda há quem agradeça publicamente ações desenvolvidas no exercício do cargo de um mandatário que, apenas, fez cumprir a letra da lei de maneira igualitária.

A bela noitada foi abrilhantada pela ótima Orquestra Don Cardoso e seus Metais que muito animou a todos, executando variado repertório.

terça-feira, 11 de maio de 2010

AMPLIADA A OFERTA DE PRÓTESES DENTÁRIAS NO BRASIL

Durante o 4º ENESB - Encontro do Nordeste de Saúde Bucal da Família, realizado em Teresina/PI, nos dias 06 e 07 de maio, o Coordenador Nacional de Saúde Bucal, Gilberto Pucca, anunciou os 203 novos Laboratórios Regionais de Prótese Dentária, que representam uma ampliação de 62% na oferta dessas unidades.

Os investimentos do Ministério da Saúde para esse serviço mais que duplicaram – em 2010, o recurso destinado aos laboratórios será de R$ 24,3 milhões. A expectativa é elevar o atendimento para 382 mil usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), por ano.

Até 2005 não havia laboratório de prótese no sistema público. Atualmente, com os novos laboratórios credenciados, estão em funcionamento 530 unidades em todo o Brasil.
“Trata-se de uma expansão histórica da Política Nacional de Saúde Bucal, que completa seis anos em 2010”, destacou Gilberto Pucca.
A ampliação do serviço é mais um passo no sentido de cumprir a meta do governo de praticamente universalizar o acesso às próteses dentárias nos próximos dez anos no Brasil.

“Ter uma dentição adequada e acesso aos tratamentos é uma questão de cidadania. Vamos supor uma pessoa que queira ser recepcionista, mas que não tem dentes na boca. No mercado de trabalho competitivo de hoje, essa pessoa não conseguiria emprego”, argumenta o coordenador.

Ao todo, 24 unidades da federação possuem unidades credenciadas para produzir as próteses. São Paulo, Paraná e Paraíba são os Estados com maior número de laboratórios.

A verba para que os laboratórios passem a produzir próteses dentárias foi liberada desde março pelo Ministério, diretamente para as secretarias estaduais e municipais de saúde. Os recursos são liberados de acordo com a estrutura e com a capacidade de produção de cada LRPD e podem variar de R$ 3 mil a R$ 12 mil ao mês.

Aumento na contratação de CDs e TPDs:

Os municípios são os responsáveis por definir os critérios de planejamento e de seleção dos pacientes que vão receber as próteses – que podem ser totais, parciais, ou até mesmo de um único dente.
Entre 2003 e 2009, mais de 03 milhões de dentes deixaram de ser extraídos da população usuária do SUS. Em média são 400 mil dentes conservados por ano.

Além de ampliar o acesso a serviços odontológicos especializados no SUS e reduzir o número de desdentados no país, a instalação dos novos laboratórios também vai permitir a contratação de mais dentistas e protéticos no serviço público.

O Programa Brasil Sorridente busca melhorar a assistência odontológica do brasileiro por meio de ações na atenção básica e especializada.
No primeiro caso, os avanços ocorrem graças à inclusão de equipes de saúde bucal na Estratégia de Saúde da Família (ESF).
Estas equipes fazem o primeiro atendimento aos pacientes, realizam um pré-diagnóstico e ações de prevenção e orientação.

No segundo caso, as melhorias se devem aos serviços ofertados pelos Centros de Especialidades Odontológicas e pelos Laboratórios Regionais de Próteses Dentárias, além da adição de flúor às águas das centrais de abastecimento público.

População atendida

Para essas ações, o Ministério da Saúde investiu no ano passado R$ 643,2 milhões, sendo mais de R$ 550 milhões para as equipes de saúde bucal, R$ 78 milhões para os Centros de Atenção Especializada e os outros R$ 11,6 milhões para os laboratórios de próteses.

São recursos que permitiram uma expansão de 250% na população atendida pelo programa Brasil Sorridente entre 2002 e 2009, passando de 26,1 milhões de pessoas para 91,3 milhões. As equipes estão presentes em 85% dos municípios brasileiros.

Confira a lista dos 203 novos LRPD credenciados por Estado:
AL - 01
PB - 37
AM - 03
PE - 02
BA - 14
PI - 20
CE - 14
PR - 22
ES - 01
RJ - 05
GO - 05
RN - 13
MA - 02
RS - 04
MG - 13
SC - 05
MS - 03
SP - 24
MT - 04
TO - 03
PA - 08
TOTAL = 203

Confira agora a lista dos 327 LRPD já credenciados por Estado:
AP - 02
PA - 16
AC - 02
PB - 16
AL - 10
PE - 15
AM - 05
PI - 04
BA - 22
PR - 35
CE - 21
RJ - 16
ES - 02
RN - 10
GO - 10
RS - 05
MA - 12
SC - 06
MG - 31
SE - 01
MS - 09
SP - 69
MT - 04
TO - 04
TOTAL = 327

Fonte: Portal do CFO

sábado, 8 de maio de 2010

NOSSA MENSAGEM ÀS MÃES CIRURGIÃES-DENTISTAS

Amanhã, domingo, 09.05.,homenagearemos as mães no dia a elas dedicado (ver história abaixo).

Assim sendo, o SOERN presta especial reconhecimento ao trabalho desenvolvido, denodadamente, pelas colegas que são mães e se desdobram, cotidiana e simultaneamente, no atendimento aos pacientes e aos filhos que precisam da sua atenção e carinho de maneira igual.

Que Deus lhes dê sempre bastante saúde e disposição para que possam enfrentar essa dupla atividade de maneira eficiente, sempre com muito amor.

PARABÉNS A TODAS AS COLEGAS!

História do Dia das Mães:

Vamos entender um pouco mais sobre essa data especial, quando as mães recebem o carinho e os presentes de seus filhos:

GRÉCIA ANTIGA:
Os primeiros indícios de comemoração desta data é a de que os gregos prestavam homenagens à deusa Reia, mãe comum de todos os seres. Nesse dia, eles ofereciam presentes, além de prestarem homenagens à deusa.

ROMA ANTIGA:
Também eram politeístas e seguiam uma religião muita parecida com a grega, onde faziam este tipo de celebração.

Durava cerca de 3 dias (entre 15 a 18 de março), sendo realizadas festas em homenagem a Cibele, mãe dos deuses.

Porém, a comemoração tomou um caráter cristão somente nos primórdios do cristianismo. Era uma celebração realizada em homenagem à Virgem Maria, a mãe de Jesus.

INGLATERRA:
No século 17 havia comemorações semelhantes a dos dias atuais.
Era o “Domingo das Mães”: Durante as missas, os filhos entregavam presentes para suas mães. Os filhos que trabalhavam longe de casa, ganhavam o dia para poderem visitá-las, atitudes parecidas com as que fazemos atualmente.

ESTADOS UNIDOS:
A ideia de criar uma data em homenagem às mães foi proposta, em 1904, por Anna Jarvis, em homenagem à mãe dela, um exemplo de mulher, pois havia prestado serviços comunitários durante a Guerra Civil Americana.

Seus pedidos e sua campanha surtiram efeito e a data foi oficializada pelo Congresso Norte-Americano, aprovada pelo presidente Woodrow Wilson.
Após esta iniciativa, muitos outros países seguiram o exemplo e incluíram a data no calendário.

Todavia, após esses eventos, a data se espalhou pelo mundo todo, mas ganhando um caráter comercial. A essência da data estava sendo esquecida, e o foco passou a ser a compra de presentes, por iniciativa das lojas com objetivos meramente comerciais.

Este fato desagradou Anna Jarvis, que ficou muito desapontada em ver que o caráter de solidariedade e amor da data estava se perdendo.
Ela tentou modificar tudo isso, em 1923, quando liderou uma campanha contra a comercialização da data.

Embora com muita repercussão, pouco conseguiu mudar, chegando ao ponto que vemos hoje em todo o mundo, quando o comércio fatura bastante, pois investe nesse apelo.

BRASIL:
O Dia das mães é comemorado sempre no 2º domingo de maio, de acordo com decreto assinado em 1932 pelo então Presidente Getúlio Vargas.

Fonte: www.suapesquisa.com

sexta-feira, 7 de maio de 2010

RESULTADO DA ELEIÇÃO DO CRO-RN

A eleição para a renovação do plenário do CRO-RN na gestão 2010 a 2012 vai para 2º turno, em nova disputa marcada para o dia 25 de maio, 3ª feira, nos mesmos locais e horário. No pleito de ontem nenhuma das 03 chapas obteve a maioria dos votos válidos.

A Chapa 01 (Avança Sempre) do atual presidente, Eimar Lopes de Oliveira, foi a vencedora com 746 votos. A diferença em relação a Chapa 02 (Novo Ciclo) do candidato Fernando José Pereira Pinto foi de 175 votos a mais.

No total, a Chapa 02 obteve 571 sufrágios e ficou com a segunda colocação, enquanto Chapa 03 (CRO-RN na Defesa do Cirurgião-Dentista), do candidato Rômulo Dias de Oliveira, recebeu 179 votos e foi a 3ª colocada. Os votos brancos e nulos somaram 15 e 39, respectivamente.

Para que houvesse decisão já nesta eleição, uma das chapas deveria ter obtido a 842 votos, ou seja, metade mais um do total dos eleitores aptos a votarem.
Faltaram 96 votos para que a Chapa 01 (Avançar Sempre) vencesse a eleição em seu primeiro turno.

A eleição do CRO-RN começou às 8 horas em Natal e Mossoró, terminando às 17 horas.

Em Natal, a votação foi realizada na sede da Academia Norte-Riograndense de Odontologia, onde votaram 1362 eleitores em duas urnas eletrônicas instaladas no auditório.

Em Mossoró votaram 102 eleitores, com a Chapa 01 recebendo 60 votos, enquanto a Chapa 03 obteve 26 e a Chapa 02 fiou com 15 votos.

No Interior, os votos que vieram pelos Correios foram contabilizados em Natal, logo após o encerramento da votação: A chapa 01 obteve 99 votos, ficando a Chapa 2 com 52 sufrágios - os votos da Chapa 03 somaram 24. Os votos em branco somaram 02 e apenas um voto foi anulado.

Dos três candidatos, Rômulo Dias de Oliveira, chapa 03, foi o 1º a votar, às 8h 15 minutos, enquanto que Fernando José Pereira Pinto, da Chapa 2, votou por volta das 9h30min - o presidente do CRO-RN e candidato da Chapa 01, Eimar Lopes de Oliveira, votou às 10 horas.

O presidente do pleito, Humberto Dantas, disse que eleição transcorreu tranquila, apesar de uma das chapas ter feito distribuição de panfletos no interior da academia. “Conversamos com o representante da chapa e pedimos para que o candidato e seu grupo saíssem daquele local, já que a boca de urna só foi permitida fora das dependências da academia”, explicou Dantas.

Os conselheiros Federais Paulo Sérgio Moreira, de Alagoas, e Genésio Albuquerque, Tocantis, foram enviados pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) como observadores da eleição. Segundo Paulo Sérgio, que além de dentista também é jornalista, o pleito foi tranquilo e o clima de respeito entre as chapas prevaleceu.

Quadro geral do resultado da eleição para o CRO-RN em Natal
Chapa 01 – 647 votos
Chapa 02 – 519 votos
Chapa 03 – 155 votos
Votos Brancos - 15
Votos nulos - 39

Mossoró:
Chapa 01 – 60
Chapa 02 – 15
Chapa 03 – 26
Votos Brancos – 01
Votos Nulos – 00

Interior:
Chapa 01 – 99
Chapa 02 – 52
Chapa 03 - 24
Votos Brancos – 02
Votos Nulos – 01

FONTE: Portal do CRO/RN

terça-feira, 4 de maio de 2010

NOTA DE FALECIMENTO



Cumprimos o doloroso dever de comunicar o falecimento da Professora ODETE ROSELLI GARCIA MARANHÃO, do Departamento de Odontologia da UFRN, do qual estava aposentada.

Era Titular da Disciplina de Odontopediatria, formada pela Universidade da Bahia e professora fundadora da Faculdade de Odontologia da UFRN.

Pertencia a diversas entidades como: ABO-RN, ABEO, ABENO e Academia Norte-Rio-Grandense de Odontologia, onde era Acadêmica Emérita da Cadeira nº 2 e sua fundadora.

Pessoa de bom trato e de dedicação da sua vida ao ensino de várias gerações de Cirurgiões Dentistas, onde deixou exemplo de abnegação aos amigos no Rio Grande do Norte e no Brasil.

Nossos sentidos pêsames à família enlutada e, por extensão, a todos que tiveram o privilégio de desfrutar da sua nobre convivência.

domingo, 2 de maio de 2010

MAIS AÇÕES DO SOERN


ATO PÚBLICO
Conforme anunciamos, ocorreu o Ato Público no dia 30.04., 6ª feira, no Pronto Socorro Morton Mariz (Ribeira), “comemorando” 1 ano de seu fechamento. Foi bastante concorrido e a imprensa natalense registrou o evento, entrevistando os seus componentes.

MESA DE NEGOCIAÇÃO SOERN/PREFEITURA DO NATAL (Secretaria de Saúde):
PCCR - Foi encaminhada a proposta para o salário base de R$3.000,00 (Três mil reais), correspondente a 40 horas semanais de trabalho. O Plano, que orienta a Carreira SUS do Ministério da Saúde, prevê a Isonomia Salarial e o atendimento a outras reivindicações;o SOERN luta para a manutenção da Gratificação para as Especialidades Odontológica (GEO).

PRECATÓRIOS
Daqui a aproximadamente 15 dias o SOERN convocará uma grande Assembleia para comunicação sobre o andamento dos processos.

SOERN PROMOVEU DEBATE ENTRE CANDIDATOS AO CRO

O debate promovido pelo SOERN com os candidatos a presidente do CRO-RN foi na quarta, dia 28.04., na Academia Norte-Riograndense de Odontologia, tendo como slogan “A Democracia constrói a cidadania e cria mentes sadias”.

O presidente do sindicato, Ivan Tavares Farias Júnior, ressaltou que o evento é o primeiro que ocorre em todos esses anos de eleição no CRO-RN.

O pleito para a eleição dos novos conselheiros acontecerá no dia 06 de maio, 5ª feira, das 8 às 17 horas, na Academia Norte-Riograndense de Odontologia, na Rua Múcio Galvão, 480, Tirol, por trás da Casa de Saúde de Natal. De cerca de 2.600 dentistas registrados no Conselho até o início de abril, os aptos a votar chegava a 1.681 (mil seiscentos e oitenta e um).


O presidente do SOERN explicou que o CRO-RN é uma autarquia Federal que tem como principio básico de sua filosofia a defesa da população, corrigindo ou punindo possíveis erros profissionais, “daí a importância de um debate para se conhecer as propostas dos candidatos que desejam dirigi-lo”.


Das 03 chapas inscritas dois candidatos participaram do debate: o atual presidente do CRO-RN, Eimar Lopes de Oliveira, candidato da Chapa 01, e o candidato da Chapa 03, Rômulo Dias de Oliveira.

Já o candidato da Chapa 02, Fernando José Pereira Pinto, segundo Ivan Tavares, não respondeu ao convite. “Ele me disse que consultaria os colegas da chapa”, explica Ivan. Cada chapa é composta por 10 dentistas, sendo 05 titulares e 05 suplentes.

Para o presidente do SOERN, o debate foi uma boa oportunidade para os candidatos discutirem suas propostas e, assim, a categoria poderá melhor avaliá-los, votando conscientemente. “Está na hora de a categoria odontológica participar da eleição, analisando as propostas e votando cientes de que os destinos da entidade são traçados pelo coletivo, e não por um grupo que assuma, votando não por amizades, ou porque alguém pediu o seu voto primeiro. Politicamente, só teremos força para mudar o destino de nossa profissão com uma participação efetiva da maioria, o que significa dividir responsabilidades entre os que votam e são votados”, diz o presidente do SOERN.

Quanto à forma do debate, Ivan Tavares explicou que houve uma discussão entre os representantes das chapas para definir o modelo, que teve o formato de 04 blocos.
1º bloco: Respostas dos candidatos às perguntas formuladas pela comissão organizadora do debate, cada um tendo o direito de responder a 03 delas.

2º bloco: A plateia participou, formulando 02 perguntas para cada candidato.

3º bloco: Perguntas livres entre os candidatos, cada um tendo o direito de fazer até 03 indagações para seus adversários.

4º e último bloco: Dedicado aos próprios candidatos para fazerem suas considerações finais.

Os Candidatos
Para o presidente do CRO-RN, Eimar Lopes, candidato da chapa 01, “o debate proposto pelo SOERN é salutar e extremamente importante, porque permite o esclarecimento real pelo candidato e seu grupo, fazendo com que os eleitores votem mais conscientemente”. Acrescentou: “A gente reclama do nível dos eleitores que decidem seu voto por cabresto numa eleição municipal ou mesmo estadual, então não é possível que numa categoria odontológica mais esclarecida o voto seja dado porque um amigo pediu para votar no seu candidato. Isto jamais pode acontecer, o voto é livre e soberano!”.

O cirurgião bucomaxilofacial, Rômulo Dias de Oliveira, candidato da chapa 03, também considera o debate importante para esclarecer os dentistas sobre as propostas de cada chapa: “O debate é o momento que o candidato tem para expor suas propostas e dizer o que fez em prol da Odontologia e o que pode fazer”, disse.

Segundo ele, o dentista-eleitor precisa comparar as propostas e ver o currículo de cada candidato; a partir daí fará a sua escolha democrática. “Este debate vai fazer com que a categoria participe mais das suas entidades, não só do CRO-RN, mas também da Associação Brasileira de Odontologia, secção RN, do Sindicato dos Odontologistas e da Academia Norte-Riograndense de Odontologia”, acredita Rômulo.

O candidato da chapa 02, Fernando Pereira Pinto, foi procurado por telefone para falar do debate, mas não retornou as ligações. Foram feitas várias tentativas de contato, mas o celular só deu fora de área. Numa nova tentativa, o celular foi atendido por um homem, que respondeu que ele estava ocupado e não poderia atender, mas retornaria a ligação. O que não aconteceu...

sábado, 1 de maio de 2010

SALVE O DIA DO TRABALHADOR!

NOSSA SAUDAÇÃO:
A todos os trabalhadores, em especial os da classe odontológica potiguar, almejamos bastante sucesso nas lutas empreendidas por melhores salários e condições laborais.

O SOERN tem conseguido vitórias expressivas nesse mister, e honraremos a tradição de lutar sempre em prol dos colegas de profissão na conquista dos nossos ideais.

HISTÓRIA
O Dia Mundial do Trabalho foi criado em 1889, por um Congresso Socialista realizado em Paris. A data foi escolhida em homenagem à greve geral, que aconteceu em 1º de maio de 1886, em Chicago, o principal centro industrial dos Estados Unidos naquela época.

Milhares de trabalhadores foram às ruas para protestar contra as condições de trabalho desumanas a que eram submetidos e exigir a redução da jornada de trabalho de 13 para 8 horas diárias.
Naquele dia, manifestações, passeatas, piquetes e discursos movimentaram a cidade. Mas a repressão ao movimento foi dura: houve prisões, feridos e até mesmo mortos nos confrontos entre os operários e a polícia.

Em memória dos mártires de Chicago, das reivindicações operárias que nesta cidade se desenvolveram em 1886, e por tudo o que esse dia significou na luta dos trabalhadores pelos seus direitos, servindo de exemplo para o mundo todo, o dia 1º de maio foi instituído como o Dia Mundial do Trabalho.

NO BRASIL:
A primeira celebração do 1º de maio de que se tem registro ocorreu em Santos, em 1895, por iniciativa do Centro Socialista, entidade fundada em 1889 por militantes políticos como Silvério Fontes, Sóter Araújo e Carlos Escobar.

A data foi consolidada como o Dia dos Trabalhadores em 1925, quando o presidente Artur Bernardes baixou um decreto instituindo a data como feriado nacional. Desde então, comícios, pequenas passeatas, festas comemorativas, piqueniques, shows, desfiles e apresentações teatrais ocorrem por todo o país.

Com Getúlio Vargas – que governou o Brasil como chefe revolucionário e ditador por 15 anos e como presidente eleito por mais quatro – o 1º de maio ganhou status de dia oficial do trabalho.

Era nessa data que o governante anunciava as principais leis e iniciativas que atendiam as reivindicações dos trabalhadores, como a instituição e, depois, o reajuste anual do salário mínimo ou a redução de jornada de trabalho para oito horas.

Vargas criou o Ministério do Trabalho, promoveu uma política de atrelamento dos sindicatos ao Estado, regulamentou o trabalho da mulher e do menor, promulgou a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), garantindo o direito a férias e aposentadoria.
Fonte: IBGE / Ministério do Trabalho.