quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

SOERN ENCERRA ANO COM BALANÇO POSITIVO DE SUAS LUTAS

A partir do dia 26 dezembro o Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Norte – SOERN – entra em recesso, retornando suas atividades no dia 2 de janeiro de 2012. De acordo com o presidente da entidade, Dr. Ivan Tavares, a maior conquista do ano foi à conscientização da categoria sobre a importância do SOERN e o principal sintoma disto são as ocorrências oriundas de vários municípios do RN que solicitaram a presença do sindicato para dirimir questões trabalhistas. Ivan Tavares ainda citou a implantação da PCCSV da Secretaria Municipal de Saúde de Natal e a conclusão dos pagamentos dos precatórios como fruto das lutas do sindicato.


EXTRA Assessoria de Comunicação -

Reunião em Parnamirim

Nesta terça-feira, 20, o presidente Ivan Tavares foi a Parnamirim para uma reunião com o secretário de saúde, Marciano Paizinho. A pauta do encontro foi o concurso público de Parnamirim. De acordo com Dr. Ivan Tavarez foi constatado 53 postos de trabalho para cirurgiões dentistas no munícipio e apenas 9 concursados. Parnamirim já é um município estatutário, mas não possui plano de carreira.

Ainda na reunião, Marciano Paizinho informou que existe no município uma comissão para o estudo do PCCR, o concurso já está decretado pelo prefeito Mauricio Marques e publicado no Diário Oficial. O concurso estabelece uma vaga ao cargo de cirurgião dentista, mas de acordo com o secretário os inscritos que tiverem nota acima de 6,0 ficarão no cadastro de reserva.

Dr. Ivan Tavarez, representando o SOERN, afirma que não acredita nisso e que vai ao Ministério Público cobrar a desprecarização deste trabalho. “ Haja vista que a partir de janeiro de 2012 o município de São Gonçalo, que tem arrecadação menor que Parnamirim terá 42 vagas no seu quadro funcional”, explica o presidente do SOERN.

EXTRA Assessoria de Comunicação

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL!

NOTÍCIA DA COOPERATIVA DE CRÉDITO


SOERN PARTICIPOU DE MAIS UM MÓDULO DA COOPCRED-SICOOB/RN

O Diretor do SOERN, Dr. Humberto Dantas, participou de mais um módulo preparatório para implantação da Cooperativa de Crédito dos Sindicatos da Saúde do RN (COOPCRED – SICOOB RN).

O evento aconteceu na última sexta feira (16.12.2011), na cidade de Campina Grande/PB, onde os futuros Diretores da Cooperativa conheceram o funcionamento de uma das filiais do Sistema SICOOB.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

sábado, 17 de dezembro de 2011

Assessoria Jurídica

Preocupado em atender às necessidades da classe, o Sindicato dos Odontologistas irá prestar assessoria jurídica, aos seus filiados, com demandas concernentes à área trabalhista da profissão, nas manhãs das sextas-feiras, a partir das 8h30, sempre que houver pauta. No dia 16 dezembro, o atendimento será para os dentistas credenciados ao Bradesco Seguros. Os dentistas organizam um descredenciamento coletivo do plano e avisam que a odontopediatria já não mais recebe pacientes deste plano desde o dia 1º de dezembro. O atendimento vai ocorrer na sede do SOERN, que fica localizada na Avenida Prudente de Morais, nº 3857 – Loja 4.


E X T R A Assessoria de Comunicação

Simpósio reúne entidades da odontologia e encerra atividades de 2011

Com o auditório do CRO lotado, o SOERN encerou suas atividades do ano de 2011, com o “Atenção Integral em Saúde Bucal: resultados do SBBrasil 2010 e sua importância para a assistência . No evento foram apresentados os resultados do SBBrasil 2010, pelo Prof. da UFRN, Ângelo Roncalli.

De grande expressão para a área odontológica, o evento concentrou várias instituições de relevância para a odontologia: a UFRN, através do Prof. Dr; Ângelo; a Secretaria de Saúde do Estado, com a presença da Coordenadora de Saúde Bucal, Dra. Goretti Menezes; a Coordenadora de Saúde Bucal do Município, Dra. Vera Castro; o presidente do CRO, Dr. Eimar Lopes, no papel de ativador e, por fim, o Presidente da ABO/RN, Dr. Pedro Alzair, como coordenador da mesa.

Neste Simpósio, através da relatoria de Dra. Cláudia Frederico, foi elaborado um documento com propostas, objetivando, primordialmente, a reestruturação da atenção básica e a integralidade das ações de saúde bucal, no estado do RN.

Ao fim do evento, o SOERN ofereceu uma feijoada na Loja Maçônica Bartolomeu Fagundes, com sorteio de brindes. A confraternização seguiu pela tarde com a animação


E X T R A Assessoria de Comunicação

sábado, 10 de dezembro de 2011

Relatório da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal SB Brasil 2010

A Política Nacional de Saúde Bucal – Brasil Sorridente – se constitui num marco na história das Políticas Públicas no Brasil na medida em que incorpora uma agenda em discussão desde o Movimento pela Reforma Sanitária Brasileira e traduz, em seus pressupostos operacionais, os princípios do Sistema Único de Saúde. Ao trabalhar os eixos da atenção à saúde bucal a partir do incremento da atenção básica por meio da Estratégia Saúde da Família, da implementação dos Centros de Especialidades Odontológicas como elemento estruturante da atenção secundária, além das ações de caráter coletivo, o Brasil Sorridente se insere no conjunto de programas estratégicos na atual Política de Saúde.

O Brasil Sorridente tem, em seus pressupostos “centrar a atuação na Vigilância à Saúde”. Este componente da política de saúde bucal tem sua agenda definida pelo Comitê Técnico Assessor (CTA) em Vigilância em Saúde Bucal, o qual tem trabalhado os diversos eixos da vigilância em saúde bucal que dão suporte ao Brasil Sorridente. Entre estes, temos o relativo à geração de dados primários, ou seja, oriundo de pesquisas epidemiológicas de base populacional, os chamados "estudos transversais". Veja no esquema abaixo, como se articula o SBBrasil com a Política de Saúde e o Sistema Único de Saúde.


O principal componente do eixo dos dados primários é, portanto, o Projeto SBBrasil, o qual teve sua primeira edição em 2003 e traçou um dos mais completos diagnósticos da saúde bucal dos brasileiros. O SBBrasil 2010 é, portanto, parte de um amplo processo que visa a construção de uma base de dados permanente relativa aos principais indicadores de saúde bucal.

Este sítio tem o objetivo de, em primeiro lugar, divulgar o projeto, tornando-o público e transparente, de modo a que toda a população brasileira possa conhecê-lo com um pouco mais de detalhe. Em segundo lugar, é um espaço onde podem ser compartilhadas informações, bem como todo o material utilizado na pesquisa.

Enfim, convidamos a todos a conhecerem o Projeto SBBrasil 2010 e também participar de sua construção, ajudando a divulgá-lo e contribuindo através de críticas e sugestões que podem ser enviadas à Coordenação Nacional de Saúde Bucal do Ministério da Saúde (veja contatos abaixo).

Fonte:

Relatório Final


Banco de Dados

Confira a apresentação de divulgação do SBBrasil

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Assessoria Jurídica

Preocupado em atender as necessidades da classe, o Sindicato dos Odontologistas prestará assessoria jurídica, aos seus filiados, com demandas concernentes à área trabalhista da profissão, nas manhãs das sextas-feiras, a partir das 8h30min, sempre que houver pauta.

No dia 16 dezembro próximo, o atendimento será para os dentistas credenciados ao Bradesco Seguros, que organizam um descredenciamento coletivo do plano, e avisam que a Odontopediatria já não mais recebe pacientes deste plano desde o dia 1º de dezembro.

O atendimento ocorrerá na sede do SOERN, que fica localizada na Avenida Av. Prudente de Morais, nº 3857 – Loja 4.


FONTE: E X T R A Assessoria de Comunicação

Mais informações:

www.extracomunicacao.com.br

Rua Coronel Francisco Borges, 105, Tirol - Sala 01 - Natal/RN

Bia Pires 84 - 9132-3654 / Ariadne Monteiro 84 - 9908-8777

Fabrine Medeiros 84 - 9921-9910 (BBM 21490BFC) / Milena Martins 84 - 9985-1912 (BBM 21493156)

SAÚDE DO TRABALHADOR NO SUS

FIO e ministro da Saúde assinaram protocolo durante a abertura da 14.ª CNS

O coordenador da bancada dos trabalhadores na Mesa Nacional de Negociação Permanente do SUS (MNNP-SUS) e presidente da FIO, Welington Moreira Mello, e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinaram no dia 1.° de dezembro, durante a solenidade de abertura da 14.ª Conferência Nacional de Saúde, o protocolo que institui as Diretrizes da Política Nacional de Promoção de Saúde do Trabalhador no SUS, elaboradas pela Mesa Nacional de Negociação Permanente do SUS.

O objetivo dessa nova política nacional é promover a melhoria das condições de saúde do trabalhador do SUS, por meio do enfrentamento dos aspectos gerais e específicos dos ambientes e organização do trabalho que possam propiciar a ocorrência de agravos à saúde, do empoderamento dos trabalhadores – atores sociais dessas transformações, e mediante a garantia ao acesso, às ações e aos serviços de atenção integral à saúde.

Visa ainda a assegurar o cumprimento dos requisitos da legislação em vigor no País e das cláusulas de saúde estabelecidas em instrumentos coletivos, além de fortalecer a implementação de programas de proteção à saúde dos trabalhadores de iniciativas próprias. O documento completo será divulgado a toda a categoria odontológica em breve.

Esta edição da 14.ª Conferência Nacional de Saúde teve o tema “Todos usam o SUS - SUS na Seguridade Social, Política Pública, e patrimônio do povo brasileiro”.

Um dia antes do início da Conferência, a FIO e os sindicatos filiados participaram da manifestação em defesa do SUS que reuniu milhares de pessoas na Esplanada dos Ministérios. O enfoque principal foi pela aprovação da regulamentação da Emenda 29 ainda este ano. A EC 29 determina índices mínimos de aplicação da receita bruta para a saúde para as três esferas de governo 12% para os estados, 15% para os municípios e o equivalente ao orçamento anterior mais o a variação do Produto Interno Bruto, no caso da União. O combate à terceirização também foi lembrado.

Participaram destes atos os diretores da FIO, José Carrijo, Luciano Eloi, Fausto Tancredi, Eufrazia Cadorim, Marcos Santana e Jean Jacques Rodrigues. Contou também com a participação do presidente do CFO Ailton Morilhas.

Algumas propostas da FIO aprovadas na 14º Conferência Nacional de Saúde:

1) Reiterar o fortalecimento do Controle Social no SUS e a necessidade de convocação da 4º Conferência Nacional de Saúde Bucal;

2) Assegurar financiamento tripartite para desenvolvimento das ações e serviços em saúde bucal em todos os níveis de atenção; em atividades de promoção, prevenção e cura, inclusive fazendo uso das novas tecnologias e das diversas especialidades da Odontologia Moderna: Ortodontia, Implantodontia e Prótese;

3) Ampliar a cobertura das ações de Saúde Bucal em todos os níveis de atenção, considerando as linhas de cuidado, visando a sua promoção, proteção e recuperação de forma integral, com acesso universal e igualitário à população, inclusive em serviços de urgência e emergência;

4) Garantir o cumprimento da Política Nacional de Saúde Bucal e ampliação da cobertura do cuidado em todas as faixas etárias, nos três níveis de complexidade assegurando: a implantação de Estratégia de Saúde Bucal – ESB, preferencialmente na modalidade tipo II, segundo a demanda, obedecendo a relação no mínimo de uma ESB para uma Estratégia de Saúde de Família – ESF; o atendimento às pessoas em situação especial (população carcerária, acamados, portadores de doença infecto-contagiosas, entre outros) em local adequado; a implantação de CEO – Centro de Especialidade Odontológica, unidades de Pronto-Atendimento e urgência odontológica e atendimento ambulatorial; a assistência odontológica nos serviços hospitalares de média e alta complexidade; a realização de levantamento epidemiológico em saúde bucal periódicos e a viabilização de consultórios odontológicos portáteis somente em regiões de difícil acesso;

5) Inclusão da avaliação semestral da saúde bucal em crianças e adolescentes sendo obrigatório como pré-requisito para recebimento de benefício sócio-assistencial.