quarta-feira, 31 de agosto de 2011

PROPOSTAS EM TRAMITAÇÃO NA CÂMARA:CRIAM OU ALTERAM PISOS SALARIAIS

PROPOSTAS - CATEGORIA - VALORES DOS PISOS

PEC 446/09, PEC 432/09, PEC 300/08, PEC 17/07, PLP 529/09 - Policiais e bombeiros - De R$ 3.000 a R$ 4.500 (equiparado ao piso praticado no DF);

PL 5104/09, PL 39/99, PL 1177/91 - Profissionais de segurança privada – De R$ 851,20 a R$ 1.200;

PEC 440/09, PL 7783/10, PL 3133/08, PL 2738/03, PL 4707/01 -

Profissionais da educação pública - De R$ 950 (piso do magistério) a R$ 1.575;

PL 6956/10, PL 5321/09, PL 3776/08, PL 1592/03 - Profissionais do magistério da educação básica R$ 950 (piso do magistério);

PEC 362/09, PEC 403/09 - Trabalhadores de saúde vinculados ao SUS – Sem valor definido;

PEC 454/09, PL 4556/94 Médicos e Cirurgiões-Dentistas R$ 1.337,32;

PL 6813/10 - Técnicos e auxiliares de enfermagem - R$ 782 (técnico) e R$ 598 (auxiliar);

PL 7363/10, PL 7056/10, PL 7095/10, PL 6111/09, PL 6681/09 - Agentes comunitários de saúde e de combate a endemias - De R$ 930 a R$ 1.020;

PL 5979/09, PL 5393/09 - Fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais - R$ 4.650;

PL 5394/09 - Fonoaudiólogos - R$ 4.650;

PL 5359/09, PL 4928/01, PL 6277/02 - Farmacêuticos - De R$ 1.500 a R$ 4.650;

PL 5439/09, PL 6375/09 - Nutricionistas - De R$ 2.500 a R$ 4.650;

PL 4924/09 - Enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e parteiras - R$ 4.650;

PL 5440/09, PL 1858/91- Psicólogos De R$ 1.530 (três vezes o valor do salário mínimo) a R$ 4.650;

PL 2880/08 - Cuidadores de pessoas - R$ 510 (igual ao salário mínimo);

PL 7373/10 - Agentes de trânsito - R$ 1.500;

PL 6954/10 - Administradores - R$ 1.484,58;

PL 6933/10 - Instrutores de artes marciais - Sem valor definido;

PL 6408/09 - Advogados - R$ 4.650;

PL 6406/09 - Comerciários - R$ 1.020 (duas vezes o salário mínimo);

PL 6164/09- Zootecnistas - R$ 4.650;

PL 4022/08, PL 5278/09 - Assistentes sociais - De R$ 960 a R$ 3.720;

PL 2861/08 - Técnicos de nível médio do CREA e dos Conselhos de Química - R$ 1.683 (66% de cinco vezes o salário mínimo);

PL 1113/88, PL 5234/01 - Motoristas de ônibus - R$ 4.080.

FONTE: www.camara.gov.br

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Projetos de interesse da Categoria.

Fonte: Jornal da FIO - Julho de 2011

SOERN anuncia pagamento da última parcela do precatório

Aproximadamente 70 dentistas se reuniram na noite de ontem no auditório do Conselho Regional de Odontologia para mais uma assembléia.










Na oportunidade, o presidente do SOERN, Dr. Ivan Tavares, anunciou que será paga a última parcela do precatório ainda em agosto deste ano.

Outra notícia importante para os colegas é que restou um resíduo do pagamento, referente aos juros acumulados no período. A diretoria do SOERN conseguiu que o valor restante, que é de R$ 1.000.000 (um milhão) fosse quitado em no máximo sete meses, já que a proposta da Secretaria do Estado foi de pagar em quatro parcelas de R$ 100.000 (cem mil) e as duas parcelas finais de R$ 250.000,00 (duzentos e cinqüenta mil). Como há 30 pessoas que não foram localizadas até o presente momento, estas vão receber as duas parcelas finais e os demais terão seus pagamentos antecipados.

Também foi pauta do evento a necessidade que o SOERN tem de adquirir uma sede própria. “Precisamos de um lugar para receber deputados, senadores, entre outros. Será importante para firmar importantes negociações. Não é a toa que estamos com dois projetos tramitando no congresso. Um deles para nosso salário aumentar para R$ 7 mil para 20 horas. E outro para carreira de Estado, o que significa dignidade e uma aposentadoria melhor”, disse Dr. Ivan Tavares, que ficou bastante satisfeito ao ver que todos os presentes votaram a favor de que cada um deveria contribuir com R$ 100,00 (cem reais) para aquisição da nova sede.

Com relação ao valor referente à 1/3 de férias, que muita gente ainda não recebeu, depois de chegar a um consenso, os participantes formaram uma comissão de cinco colegas para conversar com o pessoal da secretaria de saúde e tentar solucionar o problema.


EXTRA Assessoria de Comunicação - www.extracomunicacao.com.br

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

U F R N OFERECE RESIDÊNCIA INTEGRADA

III PROCESSO SELETIVO PARA OS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE DOS HOSPITAIS UNIVERSITÁRIOS DA UFRN

ÁREAS DE ESPECIALIZAÇÃO:

Terapia Intensiva Adulto (HUOL)

Terapia Intensiva Neonatal (MEJC)

Saúde da criança (HOSPED)

Assistência Materno-infantil (HUAB)

PROFISSÕES ENVOLVIDAS:

Enfermagem;

Farmácia;

Fisioterapia;

Nutrição;

Odontologia;

Psicologia e

Serviço Social.

SERÃO OFERECIDAS 35 VAGAS DISTRIBUÍDAS PELOS HOSPITAIS UNIVERSITÁRIOS E ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

Período de inscrição: 22 de Agosto a 11 de setembro de 2011.

Taxa de inscrição: R$ 180,00

Mais informações: www.comperve.ufrn.br

domingo, 14 de agosto de 2011

URGENTE: NOVA DATA - ASSEMBLEIA 3ª FEIRA- 23.08. - 19 HORAS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O Presidente do Sindicato dos Odontologistas do Estado do RN – SOERN, de conformidade com os Artigos 08 e 09 dos Estatutos em vigor, convoca todos os Cirurgiões Dentistas com vínculo empregatício junto ao Governo do Estado do RN, inseridos no Processo de Precatórios movido pelo SOERN, para comparecerem à ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, onde serão tratados os assuntos abaixo:

1- Apreciação de Proposta do Gov. do Estado do RN, para desembolso da última parcela;

2- Outros assuntos de interesse da categoria.

DATA – 23.08.2011 (terça feira)

LOCAL – Auditório do Conselho Regional de Odontologia,

Rua Cônego Leão Fernandes, 619 - Petrópolis - Natal/RN

HORÁRIO – 19h00min em 1ª chamada – 19h30min em 2ª chamada

Ivan Tavares de Farias Junior

Presidente

Contamos com a presença de todos os interessados!

Fonte: E X T R A Assessoria de Comunicação

sábado, 13 de agosto de 2011

A comemoração tem origem na antiga Babilônia, há mais de 4 mil anos. Um jovem chamado Elmesu moldou em argila o primeiro cartão. Desejava sorte, saúde e longa vida a seu pai.

Independente do apelo comercial que a data induz não se pode deixar de homenagear aquele que, além de ser responsável pela nossa vinda ao mundo, permanece ao nosso lado durante toda a vida, preocupando-se com tudo o que nos diz respeito, procurando sempre suprir todas as nossas carências.


Que Deus abençoe a todos os pais, dando-lhes sorte, saúde e longa vida, tal e qual há 4.000 o jovem babilônio deu início às comemorações desta especial data.



quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Gripe A: prevenção no consultório odontológico.


Apesar de não haver muitos sinais de que a pandemia da Gripe A esteja bem controlada, agora já há mais informações sobre como prevenir a transmissão do vírus H1N1 e quais as primeiras medidas que devem ser tomadas em caso de suspeita e de confirmação.

Além de divulgar e reforçar estas informações a ABO orienta sobre os cuidados específicos para a prevenção dentro do consultório odontológico, com base nas opiniões e pareceres de especialistas em biossegurança e de entidades e órgãos de saúde e sanitários.

O cirurgião-dentista e demais profissionais que trabalham com ele mantêm um contato muito próximo dos pacientes durante o atendimento, o que cria oportunidades para que o vírus da Gripe A seja transmitido, assim como o da gripe sazonal, já que são doenças transmitidas por aerossóis. Diante deste risco, a recomendação ao CD é adiar a consulta do paciente que é caso confirmado da gripe, ou tem sintomas, e encaminhá-lo ao médico.

Esta também é a orientação de Enrique Acosta, cirurgião-dentista e diretor da Organization for Safety and Asepsis Procedures (Osap), entidade internacional voltada à biossegurança na Odontologia e parceira da ABO. “O atendimento eletivo deste paciente pode esperar até que ele se recupere e não esteja mais infeccioso”, diz Acosta. Ele ainda destaca que, da mesma forma, os profissionais com os sintomas devem abster-se de realizar atendimentos.

Esta também é a posição do Center for Disease Control and Prevention (CDC), entidade dedicada a promover saúde e qualidade de vida através da prevenção e controle de doenças, que também orienta sobre como conduzir os pacientes que chegarem ao consultório com os sintomas da gripe, antes que seu atendimento seja cancelado, com o objetivo de também proteger os demais presentes. Segundo o CDC, este paciente deve ser identificado logo na recepção, para que seja solicitado que use a máscara cirúrgica e também oferecido a ele lenços, caso necessite. Em seu site, a entidade disponibiliza material completo sobre controle de infecção pelo H1N1 (www.cdc.gov/swineflu/guidelines_infection_control.htm).

Atendimentos urgentes

Mas o que fazer se um paciente com sintomas ou que seja caso confirmado da Gripe A solicitar atendimento odontológico por estar com dor? Segundo Acosta, o ideal seria realizar a consulta em um ambiente preparado para isolar infecções pelo ar, o que pode ser encontrado em hospitais. “No entanto, sei que será difícil conseguir essas condições, além do cirurgião-dentista precisar de treinamento especial para usar estes equipamentos”.

Mas ainda assim o diretor da Osap reforça que o atendimento deve ser adiado, principalmente de pessoas já confirmadas com a gripe. “Se ocorrer, é possível controlar a dor dental do paciente com analgásicos, antiinflamatórios e antibióticos, até que ele se recupere da doença”.

Além destas orientações, no Portal da ABO (www.abo.org.br), está disponível para download Informe Técnico sobre a Gripe A, elaborado pela Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) e pela Associação Médica Brasileira (AMB), com diversas orientações para o profissional de saúde. No site do Ministério da Saúde (www.saude.gov.br) também estão disponíveis os documentos “Protocolo de procedimentos para manejo de casos e contatos de influenza A (H1N1)” e “Protocolo de notificação e investigação de casos”, entre outras informações e recomendações.

Atenção no consultório

Além destes cuidados destacados contra a Gripe A, o cirurgião-dentista e sua equipe devem também seguir os protocolos de biossegurança já conhecidos na área. “O uso correto dos equipamentos de proteção individual (EPI) a lavagem frequente das mãos são as medidas mais destacadas”, diz a cirurgiã-dentista Renata Pittella, consultora em biossegurança da ABO. E ela completa: “Caso a cadeia asséptica se quebre, existe risco de contaminação cruzada no consultório odontológico, e não apenas pelo vírus H1N1”.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) disponibiliza on-line a Cartilha de Proteção Respiratória contra Agentes Biológicos para Trabalhadores de Saúde, que orienta o profissional a cuidar da sua saúde durante o atendimento, prevenindo diversas infecções, inclusive pelo vírus da Gripe A. O conteúdo completo da cartilha pode ser lido emhttp://www.anvisa.gov.br/divulga/public/cartilha_mascara.pdf.

A Organization for Safety and Asepsis Procedures (Osap) também mantém publicado em seu site (www.osap.org), no item Infection Control Issues, documentos com informações detalhadas sobre os cuidados em biossegurança recomendados com relação a doenças respiratórias. Um deles é o “Protocol for Managing Dental Patients with Confirmed or Suspected Respiratory Infection and for Dental Patients with Confirmed or Suspected Tuberculosis”.

Em caso de suspeita…

Se atender algum paciente suspeito de ter contraído o vírus H1N1, o CD deve orientá-lo a procurar atendimento médico, de preferência em algum Hospital de Referência.

Os casos suspeitos também devem ser notificados imediatamente à Secretaria de Saúde Municipal e/ou Estadual. A notificação pode ser feita pelo Disque Notifica (0800 61 1997), pelo e-mail notifica@saude.gov.br, ou no site do Ministério da Saúde, clicando no banner Influenza A (H1N1) e depois no Notifique Aqui. É prudente também anotar as informações do paciente, como nome, endereço, telefone, e-mail, para localizá-lo facilmente, se ele não se apresentar ao hospital indicado.

No site do ministério está disponível a lista dos Hospitais de Referência para Pandemia de Influenza. Qualquer outra informação pode ser conseguida através do Disque Central Médica do Centro de Vigilância Epidemiológica: 0800 55 54 66, ou no Centro de Informações Estratégicas e Respostas em Vigilância em Saúde: 0800 644 66 45.

Além de encaminhá-lo ao local correto para diagnóstico e pronto tratamento, o cirurgião-dentista, enquanto profissional de saúde, deve esclarecer seus pacientes em relação aos sintomas da doença e quais medidas devem ser tomadas.

Fonte: Associação Brasileira de Odontologia – ABO