quarta-feira, 26 de setembro de 2012

BATEPAPO COM OS CANDIDATOS A PREFEITO DE NATAL


IMPERDÍVEL!!! 
NÃO HAVERÁ OUTRA CHANCE!!!

Exerçamos a plenitude da nossa CIDADANIA!

Este é o momento! 

Convidamos todos os profissionais para o evento que recebeu o nome de “Uma hora com o candidato”, oportunidade única de ouvir as propostas de cada candidato a prefeito de Natal. 

Pedimos que compareçam à Academia Norte Rio-Grandense de Odontologia, no próximo dia 02 de outubro, 3ª feira, a partir das 08 horas. 

Serão discutidos assuntos como: 

- Reestruturação dos postos de saúde; 

- Situação das AMES e UPAS; 

- Política salarial; 

- Concurso público;

- ISS. 

O evento contará com a presença dos candidatos: Robério Paulino (PSOL), Hermano Morais (PMDB), Fernando Mineiro (PT) e Carlos Eduardo Alves (PDT). 

 A diretoria do SOERN espera contar com a presença maciça da classe, uma vez que esta é uma imperdível oportunidade de reivindicar os direitos da categoria e escolher a tempo o melhor candidato.

Para os servidores que se fizerem presentes, haverá Declaração de Comparecimento para apresentar à respectiva Unidade de Saúde.
                                   A  Diretoria 

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Protesto reúne comunidade do Soledade I, para reivindicar, um posto de saúde no bairro


Hoje pela manhã (24), o SOERN em parceria com o SINDSAÚDE, comunidade do bairro Soledade I e adjacências, realizaram protesto para reivindicar uma unidade de saúde em um terreno, que segundo, populares, será construída uma creche. O terreno foi doado, para a construção de um conselho comunitário, mas a população abriu mão em prol do erguimento de uma unidade de saúde, para melhorar e ampliar os atendimentos médicos e odontológicos do bairro. O posto de saúde, onde funciona a Estratégia Saúde da Faamília, encontra-se, apesar de uma reforma realizada, em situação precária, com pias quebradas, inundações, mofo nas salas, entre outros problemas.

A unidade dispõe de serviços de clínico geral, odontologia, enfermagem, além de atividades educativas.

A diretora do Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Norte – SOERN – Teresa Neumann, explica que há seis anos luta pela unidade de saúde junto com o SINDSAÚDE. “Esse é um momento de nos unirmos. Não podemos desistir da luta. O posto vai beneficiar desde a gestante aos idosos. Não vamos deixar que essas pessoas que se dizem “lideranças” roubem a nossa vontade de levar à frente os nossos ideais”, disse.

Naquela localidade, segundo o ex-presidente do conselho comunitário do Soledade I, Euclides Felix da Silva, existem sete escolas. “Existem já naquela localidade, duas escolas estaduais e cinco municipais. O nosso posto de saúde está em situação precária. A comunidade não precisa de escolas e, sim, de um serviço básico de saúde”, reforça.




O protesto contou com a presença da comunidade local que gritava, em uma só voz: “Saúde é o que interessa o resto não tem pressa”. O terreno fica situado no cruzamento da Av. Salvador com a rua Jequié, em Soledade I.





sábado, 22 de setembro de 2012

SOERN e SINDSAÚDE realizarão protesto na Zona Norte

O Sindicato dos Odontologistas do RN  (SOERN), juntamente com o Sindicato da Saúde do RN (SINDSAÚDE), convidam a todos para protesto no próximo dia 24 (segunda-feira), às 9h, no bairro de Solidade I. 

A comunidade reclama da construção irregular de uma creche na região onde deveria ser construído um posto de saúde. 

O terreno foi doado para construção de um conselho comunitário, mas a população resolveu deixar que o mesmo fosse usado para melhorar o atendimento médico e odontológico do bairro. 

A creche, de acordo com a população, não deveria ser uma prioridade, já que existe uma outra sendo concluída a 200 metros. 

O posto de saúde atual funciona numa casa de conjunto adaptada, sem a menor condição de atendimento. O terreno fica no cruzamento da Av. Salvador com a rua Jequié. 

Contamos com sua presença!!!

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

SOERN promoverá "Uma hora com o candidato"


O Sindicato dos Odontologistas – SOERN – convida a todos os profissionais para evento que recebeu o nome de “Uma hora com o candidato”, uma oportunidade única de ouvir as propostas de cada candidato a prefeito de Natal. 

Quem desejar participar, deve comparecer à Academia Norte-Rio-Grandense de Odontologia, no próximo dia 02 de outubro, 3ª feira, a partir das 08 horas. 

Serão discutidos assuntos como a reestruturação dos postos de saúde; a situação das AMES e UPAS; política salarial; concurso público e ISS. 

O evento contará com um batepapo com os candidatos Robério Paulino (PSOL), Hermano Morais (PMDB), Fernando Mineiro (PT) e Carlos Eduardo Alves (PDT). 

A diretoria do SOERN espera contar com presença maciça da classe, uma vez que esta é uma oportunidade única de reivindicar os direitos da categoria e escolher a tempo o melhor candidato.

Para os servidores que se fizerem presentes, haverá Declaração de Comparecimento para apresentar à Unidade de Saúde.

SOERN NO ENCONTRO NACIONAL DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR

Para representar o SOERN no Encontro Nacional de Odontologia Hospitalar, os coordenadores do curso de “Medicina Oral e Odontologia Hospitalar", promovido pelo Sindicato, Dr. Lenilson Carvalho e Dr. José Ferreira Campos Sobrinho, viajarão para a capital carioca nos próximos dias 05 e 06 de outubro. 

Eles pretendem trazer novidades do segmento para todos que fazem parte do curso.

Extra Comunicação

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

SESAP PROMOVERÁ SEMINÁRIO SOBRE FLUORETAÇÃO


FLUORN
SEMINÁRIO DE FLÚOR DO RIO GRANDE DO NORTE
 
A fluoretação das águas de abastecimento do 
Rio Grande do Norte em debate
 
18 a 19 de outubro de 2012
 
Praia Mar Hotel
 
A fluoretação das águas de abastecimento público é elemento essencial da estratégia de promoção da saúde, eixo norteador da Política Nacional de Saúde Bucal. 

Nesse âmbito, a promoção de saúde bucal está inserida num conceito amplo de saúde que transcende a dimensão meramente técnica do setor odontológico, integrando a saúde bucal às demais práticas de saúde coletiva. 

Segundo o documento Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal, esse entendimento corresponde à construção de políticas públicas saudáveis, ao desenvolvimento de estratégias direcionadas a todas as pessoas da comunidade, como políticas que gerem oportunidades de acesso à água tratada, incentivem a fluoretação das águas, o uso de dentifrício fluoretado e assegurem a disponibilidade de cuidado (Guia de Recomendações de uso de fluoretos no Brasil – Ministério da Saúde – Brasília 2009).
 
Objetivando contribuir com a Política Nacional de Saúde Bucal, que tem como eixos orientadores ações de promoção e proteção à saúde, incluindo a fluoretação das águas, a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte, através do Grupo Auxiliar de Saúde Bucal, promove o Seminário de Flúor Rio Grande do Norte – FLUORN, almejando debater a viabilidade técnica, riscos e benefícios da fluoretação das águas de abastecimento do RN. 

Para tanto convidou a participar do evento palestrantes e debatedores, reconhecidamente conhecedores do tema, e capacitados a discutir a fluoretação no âmbito técnico e científico.

TEMAS
 
Epidemiologia da Cárie Dentária e Fluoretação das Águas

Quinta, 18/10/2012 – 9:30 às 12:00 hs

Debatedor: Prof. Dr. Fábio Correia Sampaio (UFPB)
 
Participantes e temas:

1.   Prof. Dr. Ângelo Roncalli (UFRN): Perfil Epidemiológico da Cárie Dentária no Brasil e no Rio Grande do Norte

2.   Prof. Dr. Paulo Capel Narvai (USP): Evidência Científica da Fluoretação das Águas de Abastecimento Público: Riscos e Benefícios

3.   Dr. Cizino Risso Rocha (RS):Vigilância e Heterocontrole da Fluoretação das Águas.
·         Tempo de explanação: 40 minutos para todos os palestrantes
 
A Fluoretação das águas de Abastecimento Público no Rio Grande do Norte

Quinta, 18/10/2012 – 14:00 às 18:00 hs

Debatedor: Prof. Dr. Luiz Roberto Augusto Noro (UFRN)
 
Participantes e temas:

1.   Dr. Gilberto Alfredo Pucca Júnior (MS): A Fluoretação das águas de Abastecimento Público como Eixo da Política Nacional de Saúde Bucal.

2.   Drª Solane Costa (COSEMS-RN): O Papel do COSEMS na Implantação de Políticas Públicas Municipais: O caso da Fluoretação das Águas.

3.   Prof. Dr. Marco Antonio Manfredini(CROSP-SP): O papel das Entidades de Classe na Implementação da Política de Fluoretação das águas de Abastecimento Público.

4.   Maria Goretti Menezes (SESAP-RN): O Estado Atual da Implementação da Política de Fluoretação das águas de Abastecimento Público no RN.

Tempo de explanação: 40 minutos para todos os palestrantes
 
Viabilidade Técnica da Fluoretação das Águas no Rio Grande do Norte

Sexta, 19/10/2012 – 8:00 às 12:00 hs
 
Debatedor: Profa. Dra. Fátima Jorge (UNP)
 
Participantes e temas:

1.   Profa. Dra. Livia Maria Andaló Tenuta (UNICAMP): Fluoretação Segundo a Tipicidade das Estações de Abastecimento Hídrico

2.   Presidente da CAERN – Dr. Yuri Tasso Duarte Queiroz Pinto: Implementação da Fluoretação no RN: Viabilidade, Dificuldades e Desafios.

3.     Presidente da FUNASA-RN – Antônio Barbosa: Implementação da Fluoretação no RN: Viabilidade, Dificuldades e Desafios.

4.   Presidente da Secretaria de Recursos Hídricos-RN – Antônio Gilberto de Oliveira Jales: Implementação da Fluoretação no RN: Viabilidade, Dificuldades e Desafios.
·         
Tempo de explanação: 40 minutos para todos os palestrantes

Fonte: Assessoria de Imprensa do CRO/RN

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Saiba como foi o primeiro dia do Curso de Medicina Oral e Odontologia Hospitalar


A abertura oficial do "Curso de Medicina Oral e Odontologia Hospitalar", promovido pelo SOERN, ocorreu na manhã de hoje no Hotel Majestic. Este é o primeiro curso deste tema oferecido no RN. Durante o decorrer das aulas, o cirurgião-dentista será contemplado com ensinamentos das mais variadas áreas da medicina, como: Oncologia, Hematologia, Medicina Intensiva, Nefrologia, Pediatria, Infectologia, Anestesiologia, Cardiologia, Geriatria, Cirurgia da Cabeça e Pescoço, Neurologia, Otorrinonaringologia e Pneumologia.

Quem iniciou o curso foi o presidente do SOERN, Dr. Ivan Tavares, que após dar as boas vindas, falou que a expectativa do sindicato é formar um grupo homogêneo para trabalhar nos hospitais do RN e dar um salto de qualidade no atendimento a estes pacientes. "é um curso inovador que vem sendo pedido há muito tempo pelas equipes médicas e, pela primeira vez, se realiza no RN", comenta Ivan. Ele acrescenta que o empenho de todos é para formar, com a melhor qualificação possível, os colegas do curso.

Já o assessor jurídico do SOERN, Dr. Breno Cabral, falou da relação contratual estabelecida entre os alunos, a coordenação do curso e o Sindicato.

O coordenador do curso, Dr. Lenilson Carvalho, falou do organograma do curso e da metodologia. "Nosso objetivo é oferecer ao cirurgião dentista a formação adequada para atuar nos pacientes com comprometimento sistêmico que necessitam de cuidados bucais em situações especiais de alta complexidade e outros níveis de complexidade", explica Lenilson. Ele acrescenta que o curso permite uma ação interdisciplinar com os outros profissionais, de outras areas de atuação, que assistem ao paciente.

Dr. Lenilson disse também que o curso chegou em um momento oportuno, quando tramita no congresso o Projeto de Lei, já aprovado,o qual exige a presença do cirurgião-dentista nas UTIs. "Vamos trazer professores de fora, do eixo Rio-São Paulo, como professor Wolney Garrafa, que é a maior autoridade em Bioetica do país; Ivan Haidamus e Paulo Pimentel, que se destacam no cenário nacional quando se trata de odontologia hospitalar", lembra o coordenador. Ele aproveitou a oportunidade para distribuir o calendário com os 13 meses de curso.

Dando continuidade ao curso, o  cirurgião dentista, advogado e psicólogo, além de Especialista em radiologia e odontologia legal, Doriélio Barreto da Costa, falou sobre o código de ética da Odontologia. Quando questionado sobre sua opinião sobre a iniciativa do curso, ele disse que acha interessante porque proporciona ao cirurgião dentista uma atualização e reciclagem, com respeito não só ao código, como das técnicas odontológicas.

Fonte: Extra Comunicação





quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Curso de Medicina Oral e Odontologia Hospitalar


Começou hoje, o curso de Medicina Oral e Odontologia Hospitalar promovido pelo Sindicato dos Odontologistas do RN, SOERN. A aula inaugural está ocorrendo no Hotel Majestic, em Ponta Negra. O objetivo do curso é capacitar os cirurgiões-dentistas para o atendimento aos pacientes internados nos hospitais da rede estadual. Com duração de 13 meses, o curso, que é coordenado pelo dentista Lenilson Carvalho, terá carga horária de especialização e seguirá os moldes do atendimento feito no Hospital Sírio Libanês.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Candidatos discutem saúde do RN


Encerra o debate com os candidatos a Prefeitura de Natal realizado pelos sindicatos SOERN, SINDSAÚDE E SINMED, no auditório do SINDSAÚDE. Fizeram-se presentes, os candidatos Carlos Eduardo Alves (PDT), Hermano Morais (PMDB), Fernando Mineiro (PT) e Robério Paulino (PSOL). Já os candidatos Rogério Marinho (PSDB) e Roberto Lopes (PCB) justificaram suas ausências através de nota proferida pelo cientista político, Robson Carvalho. No debate,  os candidatos  mostraram seus posicionamentos perante a situação de calamidade que se encontra a saúde de Natal e falaram sobre a política salarial, previdência, concurso, privatização, hospital municipal e rede básica de saúde. A platéia participou com perguntas, todas respondidas pelos candidatos participantes. No final agradeceram a oportunidade e assumiram o compromisso com os Sindicatos de tentar promover melhorias quando o assunto for saúde.



Começa o debate dos candidatos a Prefeitura de Natal



Neste momento acontece o debate com os candidatos a Prefeitura de Natal, realizado pelos sindicatos SOERN, SINDSAÚDE E SINMED, no auditório do SINDSAÚDE. Fizeram-se presentes, os candidatos Carlos Eduardo Alves (PDT), Hermano Morais (PMDB), Fernando Mineiro (PT) e Robério Paulino (PSOL). Já os candidatos Rogério Marinho (PSDB) e Roberto Lopes (PCB) justificaram suas ausências através de nota, já proferida pelo cientista político, Robson Carvalho, o mediador do debate. O debate  tem como objetivo conhecer dos candidatos seus posicionamentos perante a situação de calamidade em que a Saúde de Natal se encontra. Serão duas horas de debate, com perguntas elaboradas pelas três entidades e também pela plateia, mediante aprovação da comissão organizadora. A pauta do evento é a política salarial, previdência, concurso, privatização, hospital municipal e rede básica de saúde.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Imperdível! Curso de Atualização: DOR e DTM-Alto nível!




ACADEMIA NORTE-RIO-GRANDENSE DE ODONTOLOGIA
DEPARTAMENTO CIENTÍFICO
CURSO DE ATUALIZAÇÃO

01- TÍTULO DO CURSO:  
“A IMPORTÂNCIA E A NECESSIDADE DOS CONHECIMENTOS EM DOR E DTM PARA A PROFISSÃO ODONTOLÓGICA”

02- PROMOÇÃO:
Departamento Científico e Escola de Aperfeiçoamento Profissional da Academia Norte-Rio-Grandense de Odontologia

03- APOIO:
Sociedade Norte-Rio-Grandense para o Estudo da DOR (SONRED) – Comitê de Dor Orofacial

04- MINISTRANTES:

Prof. Dr. Helson José de Paiva; Profª Ângela Maria Fernandes Vieira de Paiva; Profª Nayara Frota Rosado Gondim (Especialistas em DTM e Dor Orofacial) e Especialistas Convidados ligados ao estudo e Tratamento da Dor.

05- NATUREZA DO CURSO/ CARGA HORÁRIA TOTAL:

Atualização (teórico) – 24 horas

06- DURAÇÃO / DIA / HORÁRIO / PERÍODO:

06 (seis) meses; 01 módulo mensal com 04 horas; na 2ª sexta-feira de cada mês; das 18 às 22 horas; de fevereiro a julho de 2013.

07- LOCAL:

Auditório da Academia, na Rua Múcio Galvão, 480  (por trás da Casa de Saúde Natal)

08- PÚBLICO ALVO:

Cirurgiões-Dentistas Clínicos e Especialistas; Acadêmicos de Odontologia.

09- INVESTIMENTO FINANCEIRO: (por módulo)

Profissionais: R$50,00;

Acadêmicos de Odontologia: R$25,00;

10- NÚMERO DE VAGAS:

Limitado à capacidade do auditório da academia (70 lugares), por ordem de inscrição.

11- INSCRIÇÕES:

- Secretaria da Academia, com Suely, no horário comercial;
- Com Acadêmicos membros da Diretoria

1 2- CERTIFICADOS:

Ao final do curso, serão fornecidos certificados para fins curriculares aos participantes, constando a carga horária cumprida individualmente.

13 - MATERIAL DIDÁTICO:

Serão disponibilizados aos interessados, para fotocópia, resumos das aulas e artigos científicos atualizados, dentro dos assuntos abordados nas aulas.

Início do Curso: Fevereiro de 2013
Término do curso: Julho de 2013

15- PROGRAMA:

1º Módulo:
O estudo e o ensino da DOR nas áreas Odontológica e Médica;
Condutas clínicas odontológicas e DOR;
Conceitos e linguagem da DOR;

2º Módulo:
DOR: neurofisiologia, sensibilização periférica, sensibilização central;
DOR orofacial: generalidades, características clínicas;
DOR pulpar e DOR periodontal;

3º Módulo:
DOR orofacial: classificação, diagnóstico;
Clareamento dental, hipersensibilidade dentinária;
Condutas cirúrgicas de rotina e DOR, DOR pós-operatória;

4º Módulo:
Disfunções Temporomandibulares (DTM) articulares;
Disfunções Temporomandibulares (DTM) musculares;
Diagnóstico diferencial odontológico e médico em DOF;

5º Módulo:
Principais síndromes musculoesqueléticas e DTM;
Condutas terapêuticas imediatas nas DOF;
Outras opções terapêuticas na abordagem da DOR;

6º Módulo:
Acupuntura e DOR;
Cefaleias e algias faciais mais frequentes;
Diagnóstico e Tratamento;

16 - ENCERRAMENTO:
Coquetel para participantes, ministrantes e Diretoria.

sábado, 8 de setembro de 2012

INDEPENDêNCIA: CAMINHADA PELA SAÚDE!



Médicos, dentistas e servidores de saúde protestam contra o caos no setor no Dia da Independência
Os sindicados dos Médicos, dos Odontologistas e dos Trabalhadores na Saúde do Rio Grande do Norte realizaram na manhã desta sexta-feira, 7 de setembro, a marcha “Todos pela Saúde”, que saiu da praça Sete de Setembro, em frente a Assembleia Legislativa, e terminou na Praça Cívica, onde uma tropa da Polícia do Exército barrou os manifestantes. 

Um das faixas levada por eles para o protesto dizia “Independência é Saúde Pública de Qualidade”. enquanto cartazes diziam "Não pago, não pagaria! Saúde não é mercadoria". 

Antes de chegar à Praça Cívica, onde estava a governadora Rosalba Ciarline e comandantes das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), os manifestantes da saúde foram barrados em várias barreiras humanas em ruas de acesso a avenida Prudente de Morais.

A prefeita de Natal, Micarla de Sousa, como nos últimos dois anos, não apareceu para assistir ao desfile cívico. Já a governadora Rosalba Ciarlini chegou a ser vaiada pelo público em torno da Praça Cívica quando seu nome foi pronunciado pelo cerimonial.

Próximo da maternidade Januário Cicco, depois de passar o grupamento de fuzileiros navais, um grupo de manifestantes, formado em sua maioria por estudantes de medicina, invadiu a avenida e foi barrado pelos PMs. 

Houve empurra-empurra e uma manifestante, representando a comissão de Saúde da OAB-RN (Ordem dos Advogados do Brasil, secção do Rio Grande do Norte), foi segura pelo braço por um soldado da PM.

A secretária de Finanças do SindSaúde ( sindicato dos Trabalhadores em Saúde do RN), Sonia Godeiro, ao tentar ajudar a manifestante, também foi agarrada pelo braço por um policial e houve bate-boca.

Depois de uma negociação para deixar os manifestantes passar ao final do desfile, o grupo de estudante tentou avançar pela calçada e foi literalmente encurralado por mais de 20 soldados da PM.

Só ao final do desfile os manifestantes conseguiram se dirigir até a Praça Cívica, mas foram barrados no cruzamento da rua Potengi, desta vez por um pelotão da Polícia do Exército. 

Sem conseguir adiante, o pessoal da saúde passou a gritar as palavras de ordem, como “Não pago, não pagaria! Saúde não é mercadoria. E fora Rosalba”.

A concentração dos manifestantes começou na Praça Sete de Setembro e a marcha percorreu as ruas Ulisses Caldas, Deodoro e Potengi. Como nesta última via uma barreira com soldados do Exército com escudos impediu a passagem do pessoal da saúde, a alternativa foi seguir para a rua Trairi. 

Em frente ao ginásio de Esportes, como outra barreira impediu a entrada dos manifestantes na Praça Cívica, eles cantaram o Hino Nacional num protesto cívico pelo descaso com a saúde por parte da governadora Rosalba e da prefeita Micarla.  

Com faixas e cartazes, médicos, dentistas enfermeiros e trabalhadores na saúde protestaram contra o caos na saúde em Natal e nos hospitais estaduais.

“Caos na Saúde, Falência do Governo”, “Falência da Saúde Humilha Trabalhadores”, “Levante pela Saúde”, “Saúde Não é Mercadoria” e “Não à Privatização” foram algumas frases de ordem nas faixas e cartazes.

CRO-RN E SOERN PARTICIPARAM DO PROTESTO

O presidente do CRO-RN, Jaldir Cortez, que participou da marcha em defesa da saúde, considerou muito válido a manifestação, mas ressaltou que a categoria odontológica precisa participar mais desse tipo de protesto. 

“Nós esperamos uma maior conscientização de toda a classe para que a gente possa fazer um movimento em defesa da saúde ainda mais forte em outras oportunidades em”, afirmou Cortez.

Segundo ele, diante do caos em que se encontra a saúde, não só na Capital, como em todo o Estado, é necessária a realização de mais manifestações como está para conscientizar também a população a participar mais da defesa de uma saúde pública e rejeitar a sua privatização. 

Para o presidente do SOERN, Ivan Tavares, o protesto foi um sucesso, porém faltou uma maior participação dos cirurgiões-dentistas nesse ato de cidadania.

Ele criticou os governos do Estado, Municipal e Federal pela situação na saúde, afirmando que os três são responsáveis pelo caos na rede de atenção básica e nos hospitais.

O presidente do Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed/RN), Geraldo Ferreira, disse que a decretação de estado de calamidade na saúde, há dois meses, serviu apenas para o governo usufruir de artifícios legais para fazer compras sem licitação e renovar contratos, alegando emergência.

"A situação de calamidade foi uma ação do Governo do Estado para sanar suas próprias necessidades, renovando contratos emergencialmente e contratando sem licitação", afirmou. Ele denunciou que o governo fechou 100 leitos de clínica médica no Hospital João Machado.

Quanto à escolha do dia para o protesto, Ferreira afirmou: 
“A população do Rio Grande do Norte não se sente independente! Ela está sem segurança e sem saúde. Os hospitais, que deveriam promover a vida, se transformaram em leitos de morte".

O presidente do SinMed  considerou o protesto uma lição de cidadania dos médicos, dentistas, dos servidores de saúdes, OAB e dos estudantes de medicina, “cuja participação foi fundamental para que este evento tivesse sucesso”.

Segundo Ferreira, houve alguns momentos de tensão com a PM, mas não houve excesso de nenhuma das partes. “E nós passamos o nosso recado para a população que não da mais para tolerar como saúde vem sendo conduzida”, disse.

“O governo está com índices de rejeições altíssimas, e a continuar os cuidados da saúde como a governadora está fazendo, o governo perde a credibilidade e perde a força moral para governar”, afirmou.

O presidente do sindicato dos Médicos disse que o problema na saúde é generalizado em todo o Estado, e Natal sofre reflexos da falta de funcionamento dos hospitais do interior, que são de responsabilidade do governo do Estado.

“Não há escalas de plantão, não há abastecimento, não há equipamentos e não há laboratórios”, explicou Ferreira. Segundo ele, o governo abandou o povo à própria sorte.

“Nós estamos aqui para dar um basta nisso! É a sociedade mobilizada, dizendo que não aceita mais a forma como a saúde está sendo conduzida pelo governo”, disse.

Fonte: Assessoria de Imprensa do CRO/RN