domingo, 28 de novembro de 2010

MAIS UMA EXPOSIÇÃO DE ULISSES LEOPOLDO

MOSTRA ATUAL:








ULISSES LEOPOLDO:

- Potiguar, Cirurgião-Dentista e Marcheteiro autodidata.
Começou a fazer marchetaria no período acadêmico na UFRN, nos idos de 1974.
Iniciou-se nesta arte por acaso, pois até então, e por alguns anos depois, não tinha nenhum tipo de informação do que fazia. Até mesmo o nome de sua arte lhe era desconhecido.
Já formado mudou-se para o Rio, e foi por lá que teve as primeiras informações e ouviu também pela primeira vez a palavra MARCHETARIA.
No Rio participou de várias coletivas, sempre ao lado de seus colegas Dentistas, em Salão de Artes e fez, amadoristicamente, sua primeira mostra individual.De volta a Natal, em 1992, resolveu incrementar seu trabalho e, ano a ano, vem evoluindo, e sendo cada vez mais aceito pelo público e crítica.

Sua base é o figurativo, mas, atualmente, já se arrisca na criação de uma série de trabalhos abstratos, todos em madeiras.
Entre exposições individuais, coletivas e salões, tem perto de 50 mostras no seu currículo e alguns prêmios.Outras tarefas relacionadas com a marchetaria.- Inaugurou o espaço (capítulo) cultural da revista odontológica: Jornal de Assessoria ao Odontologista, do Paraná;- Tem sua obra incluída no livro Construindo a Cidadania por meio dos Temas Transversais - Editora CDL (Difusão Cultural do Livro) - SP;- Escolhido Artista Plástico do Ano em 2007 pelo Sindicato dos Odontologistas do RN (SOERN).



O QUE É MARCHETARIA - É a arte de incrustar, embutir ou aplicar peças recortadas de materiais diversos (metais, madeiras, pedras, tartaruga, madrepérola, marfim e outros) sobre uma superfície plana, obtendo-se daí figuras decorativas ou artísticas, também planas.
Ulisses Leopoldo escolheu como seu material de trabalho somente as madeiras em seus tons e texturas naturais.



TIPOS DE MARCHETARIA- Marchetaria em palha ou folhas desidratadas: Usada em móveis, caixas e quadros;
-Tarsia Topo ou marchetaria em bloco: Feita com peças maciças, é usada na confecção de utilitários, bijuterias, filetes decorativos e esculturas;
- Tarsia Geométrica ou de Revestimento: Consiste na aplicação de lâminas finas de materiais sobre superfície planas. É usada na confecção de móveis, caixas, quadros e painéis internos. Este é o tipo de marchetaria é utilizado pelo artista em questão;
- Tarsia Incastro: Recorte simultâneo das peças. É usada na confecção de móveis, caixas e quadros.



MARCHETARIA NO MUNDO
Primeiras descobertas:- Bacia de pedra calcária por volta de 3000 a. C. na Mesopotâmia;- Caixão de madeira da Dinastia Yin (1300 a. C. /220 a.C.) na China;- Peça de embutimento no palácio do rei Mausolo, confeccionada em mármore, em Helicarnasso (Ásia Menor), por volta de 350 a.C.



DIFUSÃO - Largamente usada no Egito Antigo, na confecção de pisos de palácios dos Faraós, chegou ao Oriente Médio, provavelmente levada pelos Hebreus libertados da escravidão egípcia e, por fim, à Europa, trazida pelos Mouros. Neste último continente ela teve seu maior desenvolvimento e variações importantes da sua forma de confecção.
Países onde ela teve grande importância: Portugal, Espanha,Itália, Alemanha e, principalmente, França.



NO BRASIL - Trazida pela família Real ela se expandiu por todo o território nacional, e foi mais difundida no Estado de Minas Gerais.A marchetaria é mais usada como elemento decorativo na confecção de móveis e peças utilitárias . Poucos marcheteiros a usam como forma de arte (quadros e painéis) e é, justamente assim, que ela é confeccionada por Ulisses Leopoldo.



CURIOSIDADES SOBRE AS MOSTRAS DE ULISSES

a) Só faz exposição individual, no mesmo lugar, de dois em dois anos;
b) Em todas as suas individuais só apresenta número ímpar de peças,
c) Em todas as mostras individuais inclui um quadro de girassol, de um galoou dos dois.


CONTATOS
ulel@bol.com.br (Ulisses Leopoldo)
Tels.: 8876 5910 – 9977.3227 – 3217.8609 – 3211.5177

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.